Iberians against locusts

Abr 5, 2019 | Artigos, Publicações

 Iberians against locusts: fighting cross-border bio-invaders (1898-1947)

  • Inês Gomes, Ana Isabel Queiroz & Daniel Alves
  • 2019
  • Historia Agraria
  • Volume 78
  • 127-159
  • Idioma: Inglês
  • DOI: https://doi.org/10.26882/histagrar.078e05g
  • ISSN: 1139-1472 / 2340-3659 (online)

Insetos potencialmente prejudiciais para a agricultura têm moldado as práticas e as políticas agrícolas em muitas regiões do planeta. No entanto, a pesquisa histórica sobre determinadas espécies, em determinados locais, encontra-se ainda por fazer, não obstante ser crucial, não só para a compreensão do passado, mas também para a compreensão do presente e do futuro das pragas agrícolas. Neste contexto, uma visão global da história ibérica das invasões de gafanhotos (Dociostaurus maroccanus) entre 1898 e 1947 revela a) a distribuição histórica das invasões, mostrando que foi muito maior do que o sugerido anteriormente; b) como os surtos desencadearam respostas locais, regionais e nacionais, incluindo regulamentos para a “extinção dos acrídios”, pelo menos, nos últimos dois séculos; c) diferenças e semelhanças nas medidas de controle aplicadas em Portugal e Espanha ao longo do tempo, mostrando a perceção das populações sobre o papel das autoridades e a eficácia dessas medidas. Este artigo contribui, também, para esclarecer a discussão sobre os fatores que levaram ao declínio dos surtos de gafanhotos nos últimos anos, fornecendo o contexto necessário para estabelecer futuros programas de gestão de ortópteros.

Palavras-chave:
gafanhotos, Península Ibérica, distribuição histórica, medidas de controle

Outras Publicações

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea
NOVA FCSH
Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA
Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545
Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

Segunda a Sexta-Feira
10.00h - 13.00h / 14.00h - 18.00h

Pesquisa

Share This
X