Praga e poder

Ago 6, 2019 | Artigos, Publicações

Praga e poder: história do “devorista das laranjeiras” (Açores, Portugal, 1840-1860)

O “devorista das laranjeiras” (Coccus hesperidum), foi o agente de uma crise com implicações económicas e políticas que afetou a produção da laranja nos Açores, entre 1840 e 1860. O artigo analisa a origem, expansão e impacto da praga, e a forma como intervieram os poderes insulares e central numa fase muito precoce das políticas de proteção das populações contra pragas e doenças no contexto do liberalismo português. Evidenciam-se diferenças entre as respostas dadas nos três distritos que constituíam o arquipélago. A narrativa dialoga com a historiografia das epidemias na primeira metade do século xix, sugerindo a influência das ideias de saúde pública na génese das políticas fitopatológicas oitocentistas, de que este caso é pioneiro.

Palavras-chave:
Açores, Coccus hesperidum, história ambiental, pragas, século XIX

Outras Publicações

Filter Categories
Todas
Livros
Capítulos
Artigos
Outras publicações

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea
NOVA FCSH
Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA
Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545
Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

Segunda a Sexta-Feira
10.00h - 13.00h / 14.00h - 18.00h

Pesquisa

Share This
X