Viajar com Branquinho da Fonseca

Jun 28, 2018 | Capítulos, Publicações

Viajar com Branquinho da Fonseca: a obra literária e fotográfica como recurso patrimonial para a valorização de um local

  • Maria Mota Almeida
  • Patrimonialização e Sustentabilidade do Património: Reflexão e Prospectiva [Documento electrónico]
  • Graça Filipe, José Vale & Inês Castaño (Coords.)
  • 2018
  • Lisboa: Instituto de História Contemporânea da Universidade NOVA de Lisboa
  • Idioma: Português
  • ISBN: 978-989-98388-4-0
  • Páginas: 316-344

A presente comunicação pretende sensibilizar, mediante um estudo de caso, para a importância que o património literário e fotográfico de um autor detém na valorização de uma localidade.
A vida e a obra de Branquinho da Fonseca (1905-1974), licenciado em Direito, escritor e presencista, ficaram marcadas pelos locais onde viveu. Marvão, onde esteve entre abril de 1935 e dezembro de 1936, como Conservador do Registo Civil, serviu de espaço de inspiração para um conjunto de fotografias e de um conto: ‘O Conspirador’, inserido na coletânea Caminhos Magnéticos, publicada em 1938. A sua leitura permitiu a criação de um itinerário. Seguindo a orientação com que o escritor norteou toda a sua vida, não se pretende ‘cristalizar’ o passado visto que “o que é preciso é que a literatura se entregue à vida” (Fonseca, 1973, p.342) e, por isso, a obra literária e os espaços que a habitam são reinterpretados através do olhar fotográfico e atual do seu neto, Luís Branquinho da Fonseca Soares de Oliveira.

Palavras-chave:
Cultura; Património; Identidade cultural; Branquinho da Fonseca; Marvão

Mais informações sobre o livro

Outras Publicações

Todas
Livros
Capítulos
Artigos
Outras publicações

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade NOVA de Lisboa   //   Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA   //   Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545   //   Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

2.ª a 6.ª feira 10.00h - 13.00h // 14.00h - 18.00h

Pesquisa

Share This
X