Rita Luís

Doutor/a

Cultura, Identidades e Poder

Contacto:
ritaluis@fcsh.unl.pt

Biografia

Rita Luís (Doutoramento na Universitat Pompeu Fabra (UPF), Barcelona, 2015)é especializada na história dos mass media no contexto das ditaduras ibéricas do século XX. A sua dissertação, que recebeu o II Premio Internacional de Investigación doctoral ASHISCOM em 2017, centrou-se na recepção do Processo Revolucionário Português de 1974-1975 na imprensa do tardo-franquismo.

Actualmente, é investigadora no Instituto de História Contemporânea, Universidade NOVA de Lisboa, onde coordena o grupo de investigação em Cultura, Identidades e Poder, e desenvolve um projecto financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia sobre a prática e vida quotidiana da censura ibérica (CEECIND/02813/2017). Anteriormente, trabalhou o campo da educação e argumentação, nomeadamente na didáctica da História, e o papel da televisão pública no desenvolvimento da imagem das colónias. Mantém uma colaboração próxima com o grupo de investigação em jornalismo (Grup de Recerca en Periodisme) da UPF em Barcelona.

Áreas de Investigação

  • Meios de comunicação
  • Censuras
  • Práticas de regulação/exclusão espaço público
  • Produção/circulação/recepção

Publicações destacadas

  • Luís, Rita. “Negativity, conflict and resistance: The Portuguese revolutionary process (1974‐75) and its international mediations ‐ Spanish newspapers and the Inter Press Service,” International Journal of Iberian Studies 33 (2020): 139-155. [link]
  • Luís, Rita & Chrysi Rapanta. “Towards (Re-)Defining historical reasoning competence: A review of theoretical and empirical research,” Educational Research Review 31 (2020): 100336. [link]
  • Luís, Rita, Espanhóis em Portugal: ócio, militância e exílio no contexto do processo revolucionário (1974–1975),” in Iberian Studies: Reflections Across Borders and Disciplines, editado por Núria Codina Solà e Teresa Pinheiro, 115-137. Berlim: Peter Lang, 2019. [link]
  • Pont-Sorribes, Carles, José M. Sanmartí & Rita Luis. “Aproximación etnográfica del periodista de la Transición como fuente histórica: Estudio de la relación con los actores políticos y de los cambios en la producción de los medios escritos,” Historia y Comunicación Social 22 (2017): 141-156. [PDF]

Projectos principais

  • Investigadora no projecto “O Império colonial português e a cultura popular urbana: visões comparativas da metrópole e das colónias (1945-1974)” — Coordenado por Nuno Domingos (ICS — ULisboa) e financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (PTDC/CPC-CMP/2661/2014). 2018 [link]
  • Investigadora no projecto “Ortodoxias y rebeldías. La pluralidad de intereses en la convergencia peninsular hacia Europa (1961-1986)” — Coordenado por Alberto Carrillo Linares e Ángeles González Fernández (Universidad de Sevilla) e financiado pelo Ministerio de Economía, Industria y Competitividad (Espanha). 2016-2018 [HAR2015-65909-R]
  • Investigadora no projecto “REVTRANS- El papel de la prensa no diaria en la transición española. Información, política y partidos (1975-1982)” — Coordenado por Jaume Guillamet (Universitat Pompeu Fabra) e financiado pelo Ministerio de Economía, Industria y Competitividad (Espanha). 2016-2018 [CSO2015-67752-P]
  • Investigadora no projecto “PreTRANS- El papel de la prensa en la Transición democrática. Cobertura informativa y comportamiento de periódicos y periodistas” — Coordenado por Jaume Guillamet (Universitat Pompeu Fabra) e financiado pelo Ministerio de Economía, Industria y Competitividad (Espanha). 2013-2015 [CSO2012-36774]

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea
NOVA FCSH
Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA
Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545
Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

Segunda a Sexta-Feira
10.00h - 13.00h / 14.00h - 18.00h

Pesquisa

X