outubro, 2018

18out(out 18)9:30 am19(out 19)6:00 pmOs media no Portugal ContemporâneoDa ditadura à democracia9:30 am - 6:00 pm (19) Avenida de Berna, 26C — 1069-061 LisboaTipologia do Evento:Congresso

Fragmento do cartaz do congresso Os media no Portugal Contemporâneo

Ver mais

Detalhes do Evento

Congresso organizado pelo IHC e CIC.Digital da NOVA FCSH. Chamada para trabalhos aberta até 31 de Maio.

 

Os media no Portugal Contemporâneo: da ditadura à democracia

 

A história dos media tem vindo a despertar cada vez mais interesse entre os investigadores portugueses. Depois de um longo período em que foi, de algum modo, ignorada, nas últimas duas décadas assistiu-se a um considerável desenvolvimento de estudos sobre o passado dos media nacionais, cruzando várias disciplinas científicas e ângulos de abordagem distintos. Neste contexto, o Portugal Contemporâneo ganha particular destaque nas investigações que têm sido realizadas.

Numa perspectiva histórica, o estudo dos media permite-nos, através dos seus conteúdos, leituras da sociedade e dos contextos, mas também, entre outras possibilidades, uma melhor compreensão da complexa teia de relações entre os meios de comunicação social e campos como o da política, da economia, da cultura, entre outros.

O Congresso “Os media no Portugal Contemporâneo: da ditadura à democracia” pretende refletir sobre o papel dos meios de comunicação social – com ênfase na imprensa, rádio e televisão – no longo período da ditadura portuguesa e nos primeiros anos da democracia. Numa perspetiva interdisciplinar, procura-se também discutir metodologias e problemáticas ligadas ao estudo do passado dos media.

A par de sessões plenárias com apresentações que incidam sobre os vários meios de comunicação social nos dois períodos em análise, bem como acerca das problemáticas principais e desafios que se colocam à história dos media, será reservado espaço a sessões paralelas, organizadas a partir de propostas de comunicações recebidas.

 

Programa resumido (completo aqui)

Dia 18

9.30 – Abertura
Sala: Multiusos 2 (Edifício ID)

Representante da NOVA FCSH
Francisco Rui Cádima, Presidente do ICNOVA
Pedro Aires Oliveira, Presidente do IHC – NOVA FCSH
Representante da Comissão Organizadora

10.00 – Sessão inaugural
Sala: Multiusos 2 (Edifício ID)
Moderador: Francisco Rui Cádima (ICNOVA)

Mário Mesquita (ESCS) – O corte revolucionário nos media em Portugal e ´o efeito de atraso’ nas teorias da comunicação
Jaume Guillamet (UPF) – Continuidad y cambio. La contribución de los medios a la transición española

11.00 – Pausa para café

11.30 – Sessão plenária 1: RTP: 59 Anos de Telejornal
Sala: Multiusos 2 (Edifício ID)
Moderadora: Maria Inácia Rezola (IHC – NOVA FCSH; ESCS-IPL)

Felisbela Lopes (CECS/UM) e Daniel Catalão (ULP; RTP) – Telejornal, um noticiário que nasce em 1959 analisado 59 anos depois
Comentário: Joaquim Furtado

12.30 – Pausa para almoço

14.00 – Sessão plenária 2 – A Imprensa na ditadura e na democracia
Sala: Multiusos 2 (Edifício ID)
Moderadora: Carla Baptista (ICNOVA)

Ana Cabrera (FCSH/IHC) – Poder e Imprensa no Estado Novo
Helena Lima (FLUP) – A imprensa nas primeiras eleições democráticas de 1975

15.00 – Sessão plenária 3 – A Rádio na ditadura e na democracia
Sala: Multiusos 2 (Edifício ID)
Moderadora: Helena Lima (FLUP)

Rogério Santos (CECC-UCP) – “Entregar os textos 48 horas antes da emissão, como está regulamentado”. Elementos para o estudo da censura à rádio em Portugal
Ana Isabel Reis (FLUP) – Do 25 de abril às piratas: a Rádio de microfone aberto

16.00 – Pausa para café

16.15 – Sessões Paralelas 1 a 4.

 

Dia 19

9.30 – 11.30 – Sessões Paralelas 5 a 8.

11h30 – Pausa para café

11.45 – 12.45 – Sessão plenária 4 – A Televisão na ditadura e na democracia
Sala: Multiusos 2 (Edifício ID)
Moderador: Jacinto Godinho (ICNOVA-FCSH)

Francisco Rui Cádima (ICNOVA-FCSH) – Salazar, Caetano e a instrumentalização da televisão
Maria Inácia Rezola (IHC – NOVA FCSH e ESCS/IPL) – Romper com o passado: por uma televisão “do povo” e “para o povo”. A RTP na Revolução de 1974-1975

12.45 – Pausa para Almoço

14.30 – Sessão plenária 5 – Estudos dos media
Sala: Multiusos 2 (Edifício ID)
Moderadora: Sílvia Torres (ICNOVA-FCSH)

Jacinto Godinho (FCSH/ICNOVA) – O Telejornal da RTP mostrou o Maio de 68 e escondeu a Crise Académica de 69. Porquê?
Carla Baptista (FCSH/ICNOVA) – A televisão revolucionária (1974-76). Análise de alguns programas de informação político-social
Júlia Leitão de Barros (IHC – NOVA FCSH e ESCS/IPL) – Fontes que falam
Jorge Pedro Sousa (UFP e ICNOVA) – Contributo ao levantamento e sistematização das obras historiográficas portuguesas sobre jornalismo: a necessidade de uma história do jornalismo português

16.30 – Pausa para café

17.00 – Sessão de encerramento: evocação a José Manuel Tengarrinha
Sala: Multiusos 2 (Edifício ID)
Moderadora: Cláudia Henriques (CECS/UM)

Intervenções:
António Reis (IHC – NOVA FCSH)
Luísa Tiago de Oliveira (ISCTE-IUL)

 


Comissão Organizadora

Cláudia Henriques (CIC.Digital / ICNOVA – NOVA FCSH)
Pedro Marques Gomes (IHC – NOVA FCSH)
Sílvia Torres (CIC.Digital / ICNOVA – NOVA FCSH)

 

Comissão Científica

Ana Cabrera (IHC – NOVA FCSH)
Carla Baptista (CIC.Digital / ICNOVA – NOVA FCSH)
Francisco Rui Cádima (CIC.Digital / ICNOVA – NOVA FCSH)
Helena Lima (CIC.Digital / ICNOVA e FLUP)
Jacinto Godinho (CIC.Digital / ICNOVA – NOVA FCSH)
Jorge Pedro Sousa (CIC.Digital / ICNOVA e UFP)
Júlia Leitão de Barros (IHC – NOVA FCSH e ESCS-IPL)
Luís Bonixe (CIC.Digital / ICNOVA e ESECS-IPP)
Maria Inácia Rezola (IHC – NOVA FCSH e ESCS-IPL)
Noémia Malva Novais (IHC – NOVA FCSH e CEIS20-UC)
Patrícia Teixeira (CIC.Digital/ICNOVA – NOVA FCSH)
Pedro Aires Oliveira (IHC – NOVA FCSH)
Vasco Ribeiro (FLUP e CITCEM-UP)

 

Calendário

Encerramento da Chamada de Trabalhos: 31 de Maio
Notificação de aceitação de propostas de comunicação: 2 de Julho
Prazo para realizar inscrição na 1ª fase: 31 de Julho
Divulgação do Programa do Congresso: Setembro
Prazo para realizar inscrição na 2ª fase: 28 de Setembro

 

Inscrições

A inscrição no congresso é obrigatória e inclui a assistência a todas as sessões do congresso, apresentação de comunicação e materiais de apoio.

Taxas de inscrição: até 31 de Julho 2018: 20€  |  depois de 31 de Julho 2018: 35€

 

Chamada de Trabalhos

O Congresso “Os media no Portugal Contemporâneo: da ditadura à democracia” pretende refletir sobre o papel dos meios de comunicação social – com ênfase na imprensa, na rádio e na televisão – no longo período da ditadura e nos primeiros anos da democracia portuguesa. Incluem-se neste quadro os media portugueses da metrópole e das províncias ultramarinas portuguesas. Numa perspetiva interdisciplinar, procura-se também discutir metodologias e problemáticas ligadas ao estudo do passado dos media.

A par de sessões plenárias com apresentações acerca dos vários meios de comunicação social nos dois períodos, bem como de problemáticas principais e desafios que se colocam à história dos media, será reservado espaço a sessões paralelas, organizadas a partir de propostas de comunicações, que incidam sobre a ditadura até à década de 1980.

Assim, apela-se à participação no congresso, através da submissão de propostas enquadradas nos seguintes temas (sem prejuízo de virem a ser aceites propostas de comunicações dedicadas a outros temas, desde que se refiram ao período cronológico definido), até ao dia 31 de Maio de 2018:

– Media e sociedade
– Media e poderes político e económico
– Práticas e rotinas de trabalho
– Ruturas e continuidades
– Discursos
– Censura(s)
– Legislação e regulação
– Olhares estrangeiros
– Cinema, Cartaz, Mural
– Publicidade, Relações Públicas
– Metodologias e fontes para a história dos media

A seleção das propostas será realizada pelos membros da Comissão Científica, sendo orientada pelo objetivo de garantir o máximo de qualidade, relevância e originalidade dos trabalhos e tendo também em conta o mérito científico curricular do(s) proponente(s). As propostas de comunicação devem ser apresentadas num texto com o máximo de 400 palavras (em português, espanhol ou inglês). Os proponentes deverão juntar uma nota biográfica de 200 palavras no máximo, indicando a sua filiação institucional e um email para contacto. As propostas devem ser enviadas, até 31 de Maio de 2018, em formato Word, para o seguinte endereço: congresso.media.portugal@gmail.com.

As comunicações terão a duração máxima de 15 minutos e poderão ser apresentadas em português, espanhol ou inglês.

 

Cartaz do congresso Os media no Portugal Contemporâneo

Tempo

18 (Quinta-feira) 9:30 am - 19 (Sexta-feira) 6:00 pm

Localização

NOVA FCSH, várias salas

Avenida de Berna, 26C — 1069-061 Lisboa

Organizador

Instituto de História Contemporânea — Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa e CIC.Digital

X