Investigadores do IHC premiados pela Academia Portuguesa da História

Nov 18, 2019 | Destaque, Notícias

A Academia Portuguesa da História anunciou os vencedores da edição 2019 dos seus vários prémios e dois investigadores do IHC foram agraciados: o ‘sénior’ Fernando Rosas e a ‘júnior’ Mariana Castro.

Fernando Rosas recebeu o Prémio Fundação Calouste Gulbenkian, na categoria “História da Europa”, pelo livro Salazar e os Fascismos. Ensaio breve de história comparada (Tinta da China, 2019), uma obra que o autor descreveu como um “olhar retrospectivo sobre o regime salazarista e o mundo plúmbeo em que emergiu e se consolidou”.

Já Mariana Castro foi galardoada com o Prémio EMEL – História dos Caminhos, Percursos e Mobilidade, pela obra Contrabando e Contrabandistas. Elvas na Primeira Guerra Mundial (Imprensa de Ciências Sociais, 2019), resultado do seu trabalho de investigação de Mestrado. A “obra pretende ser um contributo para a história do contrabando em Portugal durante o século XX e promover a reflexão em torno das lógicas das economias ilegais realizadas em espaços de fronteira”.

A cerimónia de entrega dos prémios está agendada para 4 de Dezembro, às 15h00, no Palácio dos Lilases, ao Lumiar, em Lisboa. Ambos os prémios têm o valor pecuniário de dois mil euros.

Outras notícias

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea
NOVA FCSH
Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA
Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545
Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

Segunda a Sexta-Feira
10.00h - 13.00h / 14.00h - 18.00h

Pesquisa

Share This
X