Cronologia

1911-05-25

Promulgação da Lei de Assistência Pública.

1911-05-28

É criada a Administração Geral dos Correios e Telégrafos, tendo António Maria da Silva como primeiro administrador-geral.

1911-05-29

Promulgação do Regulamento do trabalho indígena nas colónias portuguesas.

1911-07-08

Bandeira e Hino Nacional.

1911-07-19

Criação do Museu Nacional de Arte Contemporânea (Lisboa).

1911-07-27

Projecto de utilização dos terrenos incultos da autoria de Ezequiel de Campos.

1911-08-08

A Assembleia Nacional Constituinte defina a forma de governo de Portugal - República Democrática.

1911-08-21

Promulgação da Constituição Política da República Portuguesa.

1911-08-24

Criação do Ministério das Colónias.

1911-08-25

Entrada em vigor da Constituição.

1911-08-27

Primeiras sessões do Senado e da Câmara dos Deputados.

1911-12

Timor. Revolta contra a concessão de terras (1911-1912).

1912

O exército português atinge o Cassai (Nordeste de Angola).

1912

Início da “Crise da Borracha”.

1912

Angola. Reorganização Administrativa decorre até 1913.

1912-02-24

António José de Almeida funda o Partido Evolucionista.

1912-02-29

A produção de electricidade na cidade de Lisboa é municipalizada.

1912-04-24

A «Junta Autónoma das obras da Cidade do Porto» passa a denominar-se «Junta Autónoma das Instalações Marítimas do Porto (Douro-Leixões)».

1912-05-03

Feriado oficial. Aniversário da descoberta do Brasil.

1912-05-05

Inauguração do Instituto dos Ferroviários.

1912-06-01

Publicação do regulamento das sociedades de instrução militar preparatória.

1912-06-20

Proibição do fabrico de bebidas alcoólicas nas colónias. Dá origem à 'crise do álcool'.

1912-07-06

Segunda incursão monárquica em Trás-os-Montes chefiada por Paiva Couceiro. Dois dias depois tem lugar o combate de Chaves.

1912-07-16

Constituição de três tribunais militares nas 8ª, 5ª e 1ª divisões, com sede em Braga, Coimbra e Lisboa, para julgar os insurrectos monárquicos.