Cronologia

1914-10-26

Arrolamento das quantidades de trigo, em grão e em farinha, existentes no território continental.

1914-10-26

Organização dos postos agrários.

1914-11-07

Angola. Ataques alemães a portos.

1914-11-12

Associação Comercial de Lisboa. Missão comercial a Londres.

1914-11-17

Teatro da Rua dos Condes. Proibição de uma revista que apresentava um quadro pouco abonatório do exército português.

1914-11-21

Divisão do País em 6 circunscrições industriais:

1.ª Sede no Porto: distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança.

2.ª Sede em Coimbra: distritos de Aveiro, Viseu, Coimbra, Guarda e Castelo Branco.

3.ª Sede em Lisboa: distritos de Leiria, Santarém e Lisboa.

4.ª Sede em Évora: distrito de Portalegre, Évora, Beja e Faro.

5.ª Sede em Angra do Heroísmo: distritos de Angra do Heroísmo, Ponta Delgada e Horta.

6.ª Sede no Funchal: distrito do Funchal.

1914-11-23

Proibição dos senhorios elevarem as rendas nos prédios urbanos.

1914-11-25

Decreto de mobilização.

1914-12-18

Desastre de Naulila: derrota portuguesa em Angola.

1915-01-11

Apresentação do Orçamento Geral de Estado. Saldo positivo de 213 721$38.

1915-01-20

Partida de forças militares para Angola.

1915-01-20

20/22 Movimento das Espadas.

1915-01-28

Ditadura de Pimenta de Castro.

1915-02-01

Desempregados invadem o Ministério do Fomento.

1915-02-03

É aprovada a organização do Conselho de Instrução Pública.

1915-02-24

Lei eleitoral de Pimenta de Castro.

1915-03-06

Assaltos às padarias de Lisboa.

1915-04-06

Criação das Comissões Reguladoras dos Preços dos Géneros Alimentícios.

1915-04-07

Conferências da Liga Naval.

1915-04-27

Regresso dos monárquicos exilados.

1915-04-30

30-04 a 02-05. Ferrol (Galiza) Congresso Internacional Pró-Paz, com participação da União Operária Nacional.

1915-05-02

02/03 Congresso da União Republicana.

1915-05-14

Lisboa. Assaltos a armazéns e padarias.

1915-05-14

Derrube da ditadura de Pimenta de Castro.

1915-05-29

O Presidente da República, Manuel de Arriaga, demite-se.