Biografias // PINTO, Ernesto Madeira (1846-1921)

PINTO, Ernesto Madeira (1846-1921)
Director-geral do Comércio e Indústria, director-geral dos Correios e Telégrafos e secretário-geral do Ministério do Fomento

Nasceu em Belém a 7 de Julho de 1846 e morreu em 1921.Entregou-se, ainda jovem, à actividade jornalística.
Ingressou no serviço dos Correios, em 1864, tendo sido nomeado inspector em 28 de Agosto de 1880, como recompensa pela forma como colaborou na reorganização do serviço postal em Portugal, por ordem do ministro das Obras Públicas, Comércio e Indústria, Silva Carvalho.

Prestou outros serviços importantes no sector dos Correios portugueses e foi delegado do Governo português ao Congresso Postal Internacional que decorreu na cidade de Lisboa em 1880. Foi, mais tarde, nomeado director-geral do Comércio e Indústria e agraciado com a carta de Conselho, transitando em 14 de Agosto de 1893 para o cargo de director-geral dos Correios e Telégrafos, que exerceu até 7 de Setembro de 1899.

Politicamente, aderiu ao Partido Histórico por dedicação pessoal ao duque de Loulé. Foi colaborador dos jornais: País, Progresso, Gazeta do Povo, Comércio de Portugal, Diário de Notícias, sedeados em Lisboa e do portuense Actualidade.
Desempenhou, ainda, funções de secretário-geral do Ministério do Fomento (exonerado a 8 de Dezembro de 1910); administrador por parte do Estado na Companhia de Moçambique (exonerado a 13 de Abril de 1911); presidente da Secção do Ensino Industrial e Comercial do Conselho Superior do Comércio e Indústria e presidente do Conselho de Tarifas.