Biografias // FREIRIA, Fernando Augusto (1877-1955)

FREIRIA, Fernando Augusto (1877-1955)
Ministro da Guerra

Nasceu em Lisboa a 12 de Janeiro de 1877 e faleceu, também na capital, a 13 de Abril de 1955. Ingressou no Exército em 3 de Agosto de 1893 tendo feito os cursos de Artilharia e Estado-Maior.

Parte da sua carreira militar foi feita em diversos estabelecimentos de ensino do Exército, onde foi professor e director. Participou na missão enviada a Londres para estudar e discutir as bases da participação nacional na guerra europeia (1914-18), integrou o CEP e foi chefe de estado-maior da Divisão de Operações contra os revoltosos monárquicos do Norte, em 1919. No final de 1921 foi ministro da Guerra (16 de Dezembro) cargo que ocupou até 5 de Fevereiro do ano seguinte e que voltou a ocupar mais uma vez entre 7 de Dezembro de 1922 e 20 de Julho de 1923. Em 1922 foi também deputado eleito por Viana do Castelo.

Quando se deu o 28 de Maio de 1926 demonstrou alguma relutância em aceitar o movimento militar e no ano seguinte, em 7 de Fevereiro fez parte das forças que se revoltaram contra o novo regime, o que lhe valeu a prisão e deportação para S. Tomé. Por doença foi transferido para a Madeira, em Janeiro de 1928, donde seguiu para o continente, para ser julgado, em 1929. Posto em liberdade foi lhe fixada residência no Funchal, onde em Abril de 1931 se associou à revolta militar que aí se deu. Novamente preso foi deportado para Cabo Verde, onde ficou até 1936, quando foi libertado, tendo regressado a Portugal.