Biografias // D. Carlos (1863-1908)

D. Carlos (1863-1908)
Rei

Nasceu a 28 de Setembro de 1863 e morreu a 1 de Fevereiro de 1908. Filho primogénito de D. Luís e de D. Maria Pia de Sabóia ascendeu ao trono em 19 de Outubro de 1889 herdando uma complicada situação política, financeira e diplomática que se agravou mais ainda com o ultimato inglês de 11 de Janeiro de 1890. O País vive então uma grande indignação popular e um forte crescimento do movimento republicano que tece permanentes e contundentes críticas ao Rei e à Monarquia.

No ano seguinte, a 31 de Janeiro, no Porto, dá-se a primeira tentativa de implantação da República que é, porém, abafada, mas não diminui o ímpeto republicano, pelo contrário inflama-o. A escolha de João Franco para chefiar o Governo e o posterior apoio à sua ditadura viriam a revelar-se fatais para D. Carlos, que foi assassinado no dia 1 de Fevereiro de 1908 quando regressava a Lisboa vindo de Vila Viçosa.

O reinado de D. Carlos ficou também marcado por diversas rebeliões contra o domínio colonial português, todas subjugadas, na Índia e em África e nas quais, em Moçambique, se distinguiu Mouzinho de Albuquerque e pela realização de uma sucessão de contactos diplomáticos e comerciais, com a deslocação de D. Carlos a diversos países europeus e a vinda a Portugal de vários chefes de Estado.