Biografias // COSTA, Afonso Augusto da (1871-1937)

COSTA, Afonso Augusto da (1871-1937)
Presidente do Ministério e ministro

Licenciado e doutorado em Direito foi advogado e professor da Faculdade de Direito de Coimbra, da Escola Politécnica/Faculdade de Ciências de Lisboa, da Faculdade de Direito de Lisboa e do Instituto Superior de Comércio.

O prestígio e fama alcançados no exercício da sua carreira profissional foram no entanto suplantados pela sua actividade política, iniciada ainda enquanto estudante. Republicano conspirou contra a Monarquia até à sua queda em 1910, tendo sido também eleito deputado. No Parlamento e fora dele revelou-se um dos maiores oradores do seu tempo. Assumiu, pela primeira vez, funções governamentais no Governo Provisório instituído logo após a implantação da República, tendo sido ministro da Justiça. Depois de Outubro de 1911 tornou-se líder do Partido Democrático e de 9 de Janeiro de 1913 a 9 de Fevereiro de 1914 chefiou o Governo acumulando com a pasta das Finanças. Voltou a presidir ao Governo mais duas vezes (29 de Novembro de 1915 a 15 de Março de 1916 e de 25 de Abril a 10 de Dezembro de 1917).

Deposto por Sidónio Pais, esteve preso e partiu para o exílio em França. Aí desempenhou diversas funções diplomáticas, das quais se destacam a presidência da delegação portuguesa à Conferência de Paz e a representação de Portugal na Sociedade das Nações (1920 e 1925/26), na qual chegou a ser presidente da sua Assembleia. Depois de imposta a Ditadura Militar e o Estado Novo passou à oposição participando em variadas tentativas para os derrubar.