Biografias // CAMACHO, Manuel de Brito (1862-1934)

CAMACHO, Manuel de Brito (1862-1934)
Ministro do Fomento e alto-comissário em Moçambique

Bacharel pela Escola Médico-Cirúrgica de Lisboa, seguiu a carreira militar. A partir de 1890 colaborou em vários jornais, todavia o principal marco da sua actividade jornalística, foi a fundação, em 1906, do diário A Luta, jornal de ideário republicano que tece críticas duras à Monarquia e que contribuiu, pela sua influência na sociedade portuguesa, para a implantação da República.

Foi ministro do Fomento (22 de Novembro de 1910 a 3 de Setembro de 1911). Após a cisão do Partido Republicano, em 1912, fundou e chefia a União Republicana. Depois do Sidonismo foi alto-comissário da República em Moçambique, entre 1920 e 1923, onde levou a cabo uma política desenvolvimentista e descentralizadora.