Biografias // MACHADO GUIMARÃES, Bernardino Luís (1851-1944)

MACHADO GUIMARÃES, Bernardino Luís (1851-1944)
Ministro dos Negócios Estrangeiros, chefe de Governo, Presidente da República e Embaixador no Brasil

Nasceu em 1851 e faleceu em 1944. Licenciado em Filosofia ingressou como professor na Universidade de Coimbra, onde havia completado a sua formação. Chegou à política pela mão de Fontes Pereira de Melo. Deputado e par do Reino durante a Monarquia Constitucional, foi convidado, pela primeira vez para integrar um governo, por Hintze Ribeiro, em 1893, ocupando, então, a pasta das Obras Públicas, Comércio e Indústria (Fevereiro a Dezembro).
Após a implantação da República, em 1910, participou no Governo Provisório como ministro dos Negócios Estrangeiros. Depois de falhada a eleição para a Presidência da República, partiu, em 1912, para o Brasil, como ministro de Portugal, daí regressando dois anos depois. Foi, então convidado a formar Governo, chefiando dois ministérios ao longo de onze meses (9 de Fevereiro a 12 de Dezembro de 1914). Pela segunda vez tentou a eleição para a Presidência da República, desta vez conseguindo-o, tomando posse a 5 de Outubro de 1915. Foi destituído em Dezembro de 1917 pela revolução Sidonista. Em 1921 voltou a chefiar um Governo (2 de Março a 23 de Maio) e em 11 de Dezembro de 1925 repetiu a eleição para a Presidência da República, onde esteve cerca de seis meses, até ao derrube da República em 28 de Maio de 1926. Demitiu-se no último dia desse mês.
A par da actividade académica e política, foi director do Instituto Industrial e Comercial e representante de Portugal em Madrid no Congresso Pedagógico Hispano-Português-Americano. Em 1912, na qualidade de presidente da Sociedade de Geografia de Lisboa, convidou pessoalmente Guglielmo Marconi a visitar a capital, promovendo a sua primeira visita a Portugal.