O ciclo ‘Memória e Cidade das Avenidas’ encerra com mostra de filmes

Lisboa
Picoas Plaza

Na última sessão do ciclo 'Memória e Cidade das Avenidas', que decorre no dia 23 de Fevereiro, será apresentado um conjunto de filmes realizados por moradores das Avenidas Novas entre os anos 1950 e 1970, os quais contribuem para uma cartografia real e emocional da produção destes objectos de imagem em movimento.

António Brito Guterres, António Miranda, Teresa Valsassina Heitor e Tiago Baptista são os convidados a comentar os filmes de família produzidos neste território, à luz das suas respectivas áreas disciplinares: o urbanismo, o património e a história do cinema. A sessão conta ainda com a colaboração da Videoteca do Arquivo Municipal de Lisboa e da TRAÇA - Mostra de Filmes de Arquivos Familiares, que apresentará filmes do seu acervo produzidos por moradores destas Avenidas, procurando debater a importância da imagem em movimento enquanto documento essencial para a construção do conhecimento sobre cidade.

Este ciclo foi realizado no âmbito do projecto 'Memória das Avenidas', que integra o programa 'Memória para Todos' do IHC, a propósito da exposição patente no Picoas Plaza, entre Setembro de 2016 e Fevereiro de 2017. O projecto 'Memória das Avenidas' tem vindo a registar, organizar e partilhar as histórias, memórias, documentos e fotografias dos moradores e trabalhadores da Freguesia das Avenidas Novas, com o objectivo de compreender a História desta Unidade Urbana a partir destes registos.

A sessão decorre nas instalações do CIUL - Centro de Informação Urbana de Lisboa, no Picoas Plaza, a partir das 17h00 e tem entrada livre.