Investigadores // CV António Monteiro Cardoso

António Monteiro Cardoso
Investigador integrado | Doutorado
História Global do Trabalho e dos Conflitos Sociais
Áreas de Investigação

Revoluções liberais

Guerrilhas e política popular

A campanha de Montevideu (1817)

As lutas pela independência na Bahia

Resistência anticolonial e deportados antifascistas em Timor

História e Memória da extrema- esquerda em Portugal nos anos setenta

Formação Académica

1975   Licenciatura em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa

2005   Doutoramento em História Moderna e Contemporânea pelo ISCTE-IUL, com a tese A Revolução Liberal em Trás-os-Montes (1820-1834). O Povo e as Elites, tendo sido aprovado por unanimidade com distinção e louvor

Actividade Profissional e Científica

2000- 2013 Professor adjunto convidado da Escola Superior de Comunicação Social, do Instituto Politécnico de Lisboa

1982-2013 – Investigador do Centro de Estudos de História Contemporânea, CEHC, ISCTE-IUL

2014 -Investigador do Instituto de História Contemporânea /UNL

2011 -Investigador do  Instituto Internacional de História Social /Amsterdam

Orientação Pós-Doutoramentos em curso
Co- orientação, com Maria João Vaz (ISTE-UNL) do doutoramento  de Domingos Francisco  de Jesus de Sousa  sobre a « A Ocupação indonésia e a resistência timorense”
Lista de Projectos de investigação em curso

As relações laborais em Portugal no início do século XIX. O censo de 1801 e as estimativas de Franzini. Os recenseamentos parciais dos juízes demarcantes e das autoridades militares de finais do século XVIII

Diário de Miguel António Moreira de Sá, emigrado liberal em França e no Brasil, transcrição. introdução e anotações, com Maria de Fátima Sá e Melo Ferreira (ISCTE-IUL)

As relações da junta miguelista de Lisboa com o Remexido. Correspondência e enquadramento internacional da guerrilha

Publicações Livros (como Autor)

Timor na 2.ª Guerra Mundial. O Diário do Tenente Pires, CEHCP-ISCTE-IUL, Lisboa, 2007

A Revolução Liberal em Trás-os-Montes (1820-1824). O Povo e as Elites, Porto, Edições Afrontamento, 2007

 

Livros (co-autoria)

A Guerrilha do Remexido, com António do Canto Machado, Europa-América, 1981

Correspondência Luso-Brasileira, com António Pinto da França, 2 vols. (I – Das Invasões Francesas à Corte no Rio de Janeiro (1807-1821); II – Cartas Baianas. O Liberalismo e a Independência do Brasil (1821-1823), Imprensa Nacional – Casa da Moeda, Lisboa, 2008

Cartas Luso-Brasileiras (1807-1821). A invasão francesa. A corte no Brasil, a revolução liberal, com António Pinto da França, Companhia Editora Nacional, S. Paulo, 2008

Cartas Baianas (1821-1824). Subsídios para o estudo dos problemas da opção na Independência brasileira, com António Pinto da França, Companhia Editora Nacional, S. Paulo, 2008

Publicações Capítulos Livros

«A revolução liberal no distrito de Bragança. Comportamentos e atitudes populares face ao liberalismo» in Actas do Congresso Histórico. Páginas de história da diocese de Bragança-Miranda, Bragança, 1997

«O debate sobre a Companhia e as atitudes políticas no Douro (1820-1834)» in O Douro Contemporâneo, GEHVID, Porto, 2006, pp. 39-53

«Portugal, outras geografias», in El Carlismo en su tiempo, Geografias de la Contrarrevolución, Actas das I Jornadas de Esudio del Carlismo, 18-21 de Setembro de 2007, em Estella, Gobierno de Navarra, Pamplona, 2008, pp. 145-152

«Notícias “aterradoras” e pasquins “incendiários”. A circulação de rumores em Trás-os-Montes durante as lutas liberais», in Contra-revolução, espírito público e opinião (séculos XVIII-XIX), CEHCP-ISCTE-IUL, Lisboa, 2009, pp. 109-116

«A questão da livre navegação no Douro e a crise de 1840 entre Portugal e Espanha» in Entre discursos de centro e práticas de fronteira, IELT – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e Edições Colibri, Lisboa, 2009, pp. 53-72

«Um conflito esquecido: a crise luso-espanhola de 1840» in Linguagens e fronteiras do poder, Editora FGV, Rio de Janeiro, 2011, pp. 143-154 e CEHC-IUL, Lisboa, 2012, pp. 141-152

«Autogoverno» e «Moralismo Igualitário» in Como Se faz Um Povo. Ensaios em História Contemporânea de Portugal, Tinta-da-China, Lisboa, 2010, pp. 57-69

 «Douro» in Diccionnaire de la Contre-Révolution XVIII-XX siècle, direcção de Jean-Clément Martin, Perrin, 2011

«Le Douro: un bastion du miguélisme» in «Blancs » et Contre-Révolucionnaires, Espaces, Réseaux, Cultures  et Mémoires (fin XVIIIe-débout XXe siècles) : France, Italie, Espagne, Portugal, École Française de Rome, Roma, 2011, pp. 45-57

«Violência política em Portugal no século XIX. Memória e História» in Metamorfoses da Cultura. Estudos em Homenagem a Maria Carlos Radich, CEHC, Lisboa, 2013, pp, 15-38

Artigos em Revistas com referee

«As guerrilhas miguelistas do Algarve no contexto da guerra civil de 1832-34» in Ler História, 51, pp. 37-55, 2006

Outras Publicações

«O oratório de S. Filipe Néri em Trás-os-Montes: a congregação de Nossa Senhora do Vilar de Freixo de Espada à Cinta» in Brigantia, IX, 3-4, 1989, X, 4. 1990 e XII, 3, 1992

«Os Guerras de Freixo de Espada à Cinta. Aventuras de uma família no tempo das lutas liberais» in Brigantia, XII:4, 1992

«Os primeiros alunos. A Grande Guerra, Os Anos de Afirmação» In BRANCO, Jorge Freitas, ed. Visões do Técnico, no Centenário 1911-2011 [Em linha]. Lisboa : ISCTE-IUL, 2013. Disponível em WWW:<">">http://hdl.handle.net/10071/4711>;;. ISBN 978-989-732-153-5. p. 249-254

Encontros Científicos (comunicações por convite)

« Estereotipos sobre o comportanento político da população rural transmontana nas lutas liberais» no V Colóquio Ibérico de Estudos Rurais, Outubro de 2004 http://www.sper.pt/oldsite/VCHER/Pdfs/Antonio_Cardoso.pdf

«O século XIX português» no Colóquio Internacional “História, Memória e Violência no século XIX», FCSH, UNL 22 a 25 de Fevereiro de 2012

« Alves Redol. Um olhar sobre o Douro, no Colóquio Internacional Alves Redol e as Ciências Sociais -a literatura e o real. Os processos e os agentes, FCSH, UNL, 2012.

Encontros científicos (comunicações por proposta)

«The past that does not pass: memories, events and trauma in the far-left militant Portuguese Maoist», com Paula Godinho (FCSH, UNL) na 12th EASA Biennial Conference: Nanterre, 10 a 13 de Julho de 2012

« Qué hacer con los acontecimentos? Memoria, sobresaltos y caminos para el estudio de un grupo de izquierda radical en Portugal (1970-1976)», com Paula Godinho, FCSH, UNL na 17.ª Conferência Internacional de Historia Oral, Buenos Aires, a 4 a 7 de Setembro  de 2012