Investigadores // CV Manuel Vicente de Sousa Loff

Manuel Vicente de Sousa Loff
Manuel Vicente de Sousa Loff
Investigador integrado | Doutorado
História Política Comparada – Regimes, Transições, Colonialismo e Memória
Departamento de História e Estudos Políticos e Internacionais da Faculdade de Letras da Universidade do Porto
Faculdade de Letras da Universidade do Porto
Áreas de Investigação

Área principal de atividade científica: História política, ideológica e social do século XX, centrada sobretudo no estudo comparado do fenómeno das experiências autoritárias de natureza fascista ou fascizada do período de 1918-45, com particular incidência nos casos português (1926-74) e espanhol (1936-75). Neste território de investigação cruzam-se investigações que recorrem frequentemente à metodologia da História Oral e que têm avançado para os domínios da construção social da memória e histórias de vida, da História da Educação e das políticas educativas, do Colonialismo e da ideologia colonial, e das Relações Internacionais.

Domínio de especialização: as ditaduras fascistas ou fascizadas do período de 1918-45 e os projetos de reorganização euroafricana; Holocausto; Salazarismo e Franquismo (ideologia, sistemas políticos, políticas de construção da «identidade nacional»); repressão, violência e conflitos armados (Guerra Civil Espanhola, Guerra Colonial portuguesa).

Atuais interesses de investigação: História Oral com aplicação à História social do trabalho, à Guerra Colonial e à preparação do 25 de Abril de 1974; construção social da memória e histórias de vida; a memória social das ditaduras.

Formação Académica

DOUTORAMENTO

2004, 23/1 - Obtenção do Grau de Doutor depois de defesa de Tese intitulada «As duas ditaduras ibéricas na Nova Ordem eurofascista (1936-1945). Autodefinição, mundivisão e Holocausto no Salazarismo e Franquismo» (1843 pp.), entregue em Março de 2003, discutida em inglês, português, espanhol e francês perante um júri constituído pelos Profs. Philippe Schmitter (I.U.E., presidente), Luisa Passerini (I.U.E., orientadora), Hipólito de la Torre Gómez (U.N.E.D., Madrid, co-orientador) e Fernando Rosas (Univ. Nova de Lisboa), que a aprovou por unanimidade. «Por decisão do Conselho Académico, o Grau de Doutor do Instituto Universitário Europeu é atribuído sem classificação». O júri deliberou recomendar a sua publicação com a ajuda oficial do I.U.E.. [Registo da Direcção-Geral do Ensino Superior a 17/2/2004.].

1993-95 e 1996-2004 - Realização do Programa de Doutoramento do Departamento de História e Civilização do Instituto Universitário Europeu (Florença), com suspensão voluntária em 1995/96, incluindo:

Seminários de investigação:

- «The History of European Integration (1958-1973)», dirigido pelo Prof. Richard Griffiths (Dep. de História e Civilização) (Outono 1993 e Primavera 1994);

- «The Bourgeoisie and the "bourgeois society" in XIX century Europe. Social and institutional boundaries» (Outono 1993 e Primavera 1994) e «Social and Political History of Institutions, XIX-XX Centuries» (Outono 1994 e Primavera 1995), dirigidos pelo Prof. Raffaele Romanelli (Dep. de História e Civilização);

- «New Theories on European Community Policy Making», dirigido pelo Prof. Giandomenico Majone (Dep. de Ciências Sociais e Políticas) (Outono 1993);

- «1968. Dimensions in time and space» (Primavera 1994) e «History, Memory, Identities in XX Century Europe» (Outono 1994) e «European Identity? A Cultural-Historical Approach» (Primavera 1995), dirigidos pela Profª Luisa Passerini (Dep. de História e Civilização);

- «Nations and Nationalism» (Outono 1994), dirigido pelo Prof. Christian Joppke (Dep. de Ciências Sociais e Políticas).

1994, Maio - Apresentação pública de paper, definidor do projecto de investigação com vista à realização de Tese de Doutoramento (condição de transição para o 2º ano do programa) intitulado «Salazarismo e Franquismo em frente ao espelho da História. Ideologia e auto-definição na colocação internacional das duas ditaduras ibéricas (1939-61)» (186 pp.), avaliado e aprovado por dois «readers» do Departamento (Profs. Luisa Passerini e Robert Rowland) e pelo Prof. Hipólito de la Torre (Facultad de Geografía e Historia, U.N.E.D., Madrid).

1995, Maio - Apresentação de capítulo de dissertação de Doutoramento, «A "Nova Ordem" europeia (1938-1942) como oportunidade histórica. Percepção e participação na perspectiva do Salazarismo e do Franquismo», avaliado e aprovado pela supervisor Profª Luisa Passerini, permitindo a transição para o 3º ano do programa.


MESTRADO

1994 - Equivalência ao grau de Mestre em História dos séculos XIX e XX, com a classificação de Muito Bom, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, concedido a 26 de Julho por um júri presidido pelo Prof. Fernando Rosas (F.C.S.H. da U.N.L.) e constituído também pelos Profs. José Medeiros Ferreira (F.C.S.H. da U.N.L.) e César Oliveira (Inst. Sup. de Ciências do Trabalho e da Empresa da Univ. de Lisboa), relator, com base nos elementos académicos referidos em 1.5. 

1993, Setembro: Apresentação e defesa públicas de dissertação («trabajo de investigación») conclusiva da parte curricular do Programa de Doctorado, intitulada «Franquismo y Salazarismo en la Época de Hitler. Régimen político, prejuicio ideológico y oportunidad histórica en la redefinición internacional de Portugal y España (1936-1942)» (243 pp.), arguida e avaliada por um júri constituído pelos Professores (do Departamento de Historia Contemporânea das já referidas Faculdades e Universidade) Victor Morales, Hipólito de la Torre e María Soledad Gómez de las Heras e presidido pelo primeiro; classificação (máxima) de Sobresaliente.

Classificação final da parte curricular do Programa de Doctorado: Sobresaliente.

 

1989-93 - Conclusão da parte curricular do Programa de Doctorado "El proceso de modernización en el mundo contemporáneo" do Departamento de Historia Contemporánea da Facultad de Geografía e Historia da Universidad Nacional de Educación a Distancia (U.N.E.D.) (Madrid, Espanha), incluindo os seguintes «cursos de doctorado»:

- 1989/90: «Metodología y Fuentes para la Investigación en Historia Contemporánea», com o Prof. Javier Tusell [paper «Un cuestionario para tres ejemplos de Historiografía Política ibérica (Tusell, Toquero, Telo)», ensaio realizado no âmbito de «curso de doctorado»] - classificação de Sobresaliente (nove valores numa escala de dez);

- 1989/90: «Fuentes Orales, aplicación a la Inmigración Extranjera en España» (aplicação à política colonial portuguesa, 1945-61), com o Prof. Víctor Morales Lezcano [paper «"Oral Historiography", de David Henige -un comentario», e preparação, transcrição e anotação de entrevistas ao Profs. Silva Cunha e Adriano Moreira, realizadas em 1990, abordando, genericamente, a política colonial portuguesa desde 1945, em particular no que diz respeito ao trabalho indígena e ao assimilacionismo, o relativo isolamento internacional de Portugal a partir de finais da década de '50 e as responsabilidades governativas dos entrevistados (respectivamente, 1963-74 e 1960-62); depositadas na Fonoteca da Facultad de Geografía e Historia da U.N.E.D., Madrid] - classificação de Sobresaliente (nove valores numa escala de dez);

- 1989/90: «Método y Fuentes para el estudio de las Élites Contemporáneas», com o Prof. Guillermo Gortázar (papers «Limitaciones de una contribución para una definición de la modernización política en el Portugal marcelista»; «La familia: concepto central de la Antropología del Poder?»; «Maria Filomena Mónica y la revisión de las tésis tradicionales sobre el subdesarrollo portugués») - classificação de Sobresaliente (nove valores numa escala de dez);

- 1990/91: «Las relaciones hispano-portuguesas durante la Guerra Civil Española», com a Profª María Soledad Gómez de las Heras (paper «El papel de Pedro Theotónio Pereira en el cuadro de la definición de la política exterior portuguesa (1937-1940)» - classificação de Sobresaliente (nove valores numa escala de dez);

- 1990/91: «Portugal en el siglo XX», com o Prof. Hipólito de la Torre - classificação de Matrícula de Honor (dez valores numa escala de dez).


OUTRA FORMAÇÃO PÓS-GRADUADA

1995 - Frequência do curso «Portugal y España (s. XIX-XX): Historias paralelas?», dirigido pelos Profs. Hipólito de la Torre (U.N.E.D., Madrid) e António Pedro Vicente (F.C.S.H. da U.N. Lisboa), no âmbito dos Cursos de Verão da Fundación General Universidad Complutense, San Lorenzo del Escorial, 7-11 de Agosto, com uma duração de 30 horas lectivas.

1993 - Conclusão do Curso de Formação Pós-graduada em Política Educativa, organizado pelo Prof. Eurico Lemos Pires na Universidade de Aveiro, no âmbito da Secção de Política Educativa e Educação Comparada da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, com a participação de especialistas como Carlos Gaspar («Políticas Públicas»), Eurico Lemos Pires («Tipologias de análise das políticas educativas»), António Nóvoa («Reformas e tendências»), João Formosinho («Construção política da educação pública»), Adriano Moreira («Movimentos políticos contemporâneos») e Daniel Bessa («Economia da Educação»).


LICENCIATURA E FORMAÇÃO PROFISSIONAL PARA A DOCÊNCIA

1988/89 e 1990/91 - Ramo Educacional (regime transitório) da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (nos termos da Portaria nº 850/87, de 3 de Novembro), constituído por:

Estágio Pedagógico (ano lectivo de 1990/91) no Grupo 10º A (História) do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, na Escola Secundária Carolina Michaelis (Porto), com a classificação de dezasseis valores;

Seminário, avaliado com base na elaboração e defesa pública do trabalho colectivo de investigação/acção (Co-autor com Margarida Pereira, Helena Pinto e Fernando Almeida) «A "geração do 9º ano": um inquérito»; aconselhamento científico do Prof. Doutor António Esteves (Faculdade de Economia do Porto); classificação de dezassete valores;

Conjunto de quatro disciplinas de Ciências da Educação;

Classificação profissional para a docência (nos termos da Portaria nº 659/88, de 29 de Setembro): dezasseis valores. 

1988 - Conclusão da Licenciatura de História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto; nota de licenciatura: dezasseis valores; inclui as seguintes opções:

- Filosofia da Educação: dezasseis valores

- Arte dos séculos XIX e XX (Geral e de Portugal): dezoito valores

- Língua Espanhola (extra-curricular): treze valores. 

1982/83 e 1983/84 - Frequência dos dois primeiros anos da Licenciatura de Relações Internacionais (Ramo Culturais e Políticas) da Universidade do Minho, tendo concluído com aproveitamento as seguintes disciplinas:

Semestrais:

- Sociologia Geral I

- Antropologia Geral I

- Matemática e Estatística para as Ciências Sociais I

- Língua Inglesa I

- Línguas Francesa I

- Antropologia Geral II

- Sociologia Geral II

- Língua Inglesa II

- Língua Francesa II

- Ciência Política

- Direito Constitucional

- Teorias da Comunicação e da Informação

- Teoria e Métodos em Ciências Sociais

Anuais:

- Sociologia da Informação

- Língua Inglesa II

- Língua Francesa II

- Introdução ao Direito

Actividade Profissional e Científica

ACTIVIDADES DOCENTES E INSTITUCIONAIS

Desde Janeiro de 2010 – Professor Associado no Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais (área de História Contemporânea) da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, na sequência de concurso público encerrado em Julho de 2010.

2004-2010 – Professor Auxiliar no Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais (área de História Contemporânea) da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, com provimento definitivo em Fevereiro de 2009.

1997-2004 - Assistente no Departamento de História (área de História Contemporânea) da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, nomeado após concurso concluído em Novembro de 1997. 

Desde 1997: responsável pelo serviço docente em disciplinas dá área da História Contemporânea da FLUP.

Membro do Conselho do Departamento de História desde a sua fundação (Maio de 2000); vogal da sua Comissão Executiva, presidida pela Profª Doutora Amélia Polónia, entre Janeiro e Outubro de 2007, e entre Março de 2010 e Outubro de 2012, presidida pelo Prof. Doutor Armando Carvalho Homem.

Desde 2007, membro da Comissão Científica do curso de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação, em conjunto com os Profs. Doutores Jorge Ribeiro e Maciel Santos, depois de ter feito parte da comissão de concepção do mesmo curso;

Membro do Instituto de História Contemporânea da FLUP; vogal da sua Direcção desde Novembro de 1999 e até à sua desativação em 2007.

Responsável pelos seguintes convénios Sócrates/Erasmus de intercâmbio docente e discente, assinados, em 2000, com  Josep Sánchez Cervelló, da Facultat de Lletres da Universitat Rovira i Virgili (Tarragona, Espanha); em 2001, com Xosé-Manoel Núñez Seixas, da Facultade de Xeografía e Historia da Universidade de Santiago de Compostela; em 2002, com a Facultad de Geografía e Historia da Universidad de Valladolid (Espanha); em 2004, com Emilia Calaresu, da Facoltà di Lettere da Università degli Studi di Modena e Reggio Emilia; em 2006, com Carme Molinero, da Facultat de Filosofia i Lletres da Universitat Autònoma de Barcelona; em 2007 com a Facultad de Ciencias de la Información da Universidad Complutense (Madrid, Espanha); em 2010, com a Universidade de Sakarya (Turquia); em 2011, com Borut Klabjan, da Faculdade de Humanidades da Univerza na Primorskem (Koper, Eslovénia); em 2011 com Dominika Kasprowicz, da  a Uniwersytet Pedagogiczny im. KEN w Krakowie (Cracóvia, Polónia).

Desde 1997, gestor de um Curso Permanente Jean Monnet em História Europeia Contemporânea, subsidiado pela Comissão das Comunidades Europeias desde a assunção de funções na F.L.U.P.;

2006 – (Em co-organização com Luís Grosso, FLUP) Curso intitulado «História Contemporânea: fontes, métodos e problemáticas», no âmbito do programa Universidade Júnior da Universidade do Porto, destinado a alunos do 9º ao 11º ano de escolaridade. O curso, com a duração de uma semana, teve duas edições durante o mês de Julho de 2006 e foi monitorizado pelo Dr. Hélder Guimarães e pela Drª Sofia Ferreira, à época, licenciados em História com habilitação profissional para a docência nos ensinos básico e secundário.

2005-07: membro de Grupo de Trabalho do Departamento de História para coordenação nacional e implementação à escala da FLUP da reestruturação dos cursos no âmbito do chamado Processo de Bolonha;

2006-08, membro da Comissão de Acompanhamento e secretário da sua Comissão Executiva criada pelo Conselho Científico da FLUP, sob a presidência do Prof. Doutor Armando Carvalho Homem, para preparar a abertura de uma Licenciatura em Ciência Política em articulação com outras unidades orgânicas da Universidade do Porto. 

Desde 1998 - Formador, registado junto do Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua (registo CCPFC/RFO - 07564/98) nas áreas de «História/História de Portugal» e «História/História Económica e Social), tendo colaborado com o Centro de Formação da Associação de Professores de História nas seguintes seis acções de formação:

Coordenador de equipa de formadores (constituída com os Profs. Doutores Jorge Martins Ribeiro e José Maciel Santos, ambos da FLUP) da Acção de Formação n.4/2009 «Relações Internacionais na 2ª metade do Século XX: Guerra Fria, Descolonização, Construção Europeia (1941-1991)» (25 horas lectivas, 21 de Março-16 de Maio de 2009);

Coordenador de equipa de formadores (constituída com os Profs. Doutores Jorge Martins Ribeiro e José Maciel Santos, ambos da FLUP) da Acção de Formação n.4/2008 «Relações Internacionais na 2ª metade do Século XX: Guerra Fria, Descolonização, Construção Europeia (1941-1991)» (25 horas lectivas, 5 de Abril-24 de Maio de 2008);

Formador único da Acção de Formação nº 4/2005 «A emergência da democracia portuguesa: Guerra Colonial, crise da ditadura, Revolução (1961-76)» (25 horas lectivas, Outubro-Novembro de 2005) na Escola Secundária Infante D. Henrique (Porto);

Formador único da Acção de Formação nº 3/2002 (1ª turma) «Fascismo e parafascismo no contexto dos autoritarismos do século XX» (25 horas lectivas, Outubro-Novembro de 2002) na Escola Secundária Infante D. Henrique (Porto);

Encarregado dos módulos «O Estado Novo» (9 horas lectivas, Novembro de 1999 e Janeiro de 2000) e «Da Revolução de Abril à inserção europeia» (3 horas lectivas, Janeiro de 2000) integrados na Acção de Formação nº 12/2000 (1ª turma) «A contemporaneidade portuguesa (1891-1996)» organizada pelo Centro de Formação da Associação de Professores de História na Escola Secundária Fontes Pereira de Melo (Porto).

Setembro de 1996 - Novembro de 1997 - «Profesor Asociado» de Língua e Cultura Portuguesas do Departamento de Lingüística, Lenguas Modernas, Lógica y Filosofía de la Ciencia da Facultad de Filosofía y Letras da Universidad Autónoma de Madrid (Espanha), na situação profissional de professor do quadro de provimento definitivo da Escola Básica de 2º e 3º Ciclos Sophia de Mello Breyner (Arcozelo), exercendo funções, em regime de requisição pelo Instituto Camões, do Ministério dos Negócios Estrangeiros, desempenhando as seguintes funções:

Encarregado da docência das disciplinas de Lengua Portuguesa y su Literatura I e II (semestrais) e II (anual); 

Desenvolvimento de actividades de divulgação e promoção de projetos luso-espanhóis de investigação e intercâmbio de alunos e professores.

1994 - 1996 - Assistente, em regime de requisição, na Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, na situação profissional de professor do quadro de provimento definitivo do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário, colocado sucessivamente na Escola Preparatória dos Biscoitos (Açores) e na Escola dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico de Válega (Ovar), encarregado da docência da componente de História da Educação dos cursos de formação inicial de Professores do Ensino Básico (transformada em História da Educação e Política Educativa, leccionada em articulação com a Dr.ª Angelina Carvalho no ano lectivo de 1995/96) e do curso de Educadores de Infância, em ambos os casos no âmbito da disciplina de Ciências da Educação I; História da Educação em Portugal e, em articulação com as Dr.ªs Maria de Jesus Lima e Irene Figueiredo, Seminário II do C.E.S.E. da Administração Escolar (sobre exercício de orientação e arguição de trabalhos, cf. ponto 3.2.1); disciplina de História Contemporânea da Educação e do módulo I (Política Educativa) da disciplina de Política Educativa e Organização Escolar do curso de Acção Social Escolar; autor dos respectivos programas (excepto o de Política Educativa), sem a orientação científica de algum Professor Adjunto ou Coordenador por inexistente nesta área disciplinar na E.S.E. do Porto; recurso a metodologias de trabalho e avaliação distinguindo processos de investigação prática, adaptados às necessidades de formação de cada uma das turmas e concebidos no âmbito de uma Avaliação Contínua, e processos de preparação teórica conducentes a uma Avaliação Final, adaptados a alunos não vocacionados ou não disponíveis para a realização de procedimentos de avaliação verdadeiramente contínua.

1993, Setembro - Professor profissionalizado, colocado na 2ª parte do concurso, do 10º A Grupo (História) da Escola Secundária José Macedo Fragateiro (Ovar).

1993 - Formador especialista creditado pelo Conselho Coordenador de Formação Contínua de Professores, tendo trabalhado no «Projecto Escolas Básicas Integradas», de uma equipa da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, financiado pelo «Programa Educação Para Todos», havendo desempenhado as suas funções designadamente num curso de formação sobre Educação Básica para as escolas integradas no projecto (Julho-Setembro 1993).

1992/93 - Professor profissionalizado do 10º A Grupo (História), colocado na 2ª parte do concurso, na Escola Secundária do Olival (Vila Nova de Gaia).

1991/92 e 1992/93 - Professor da disciplina de História da Educação em Portugal no Curso de Estudos Superiores Especializados de Administração Escolar da Escola Superior de Educação do Porto, sob a orientação científica do Dr. Eurico Lemos Pires, tendo orientado inúmeros trabalhos individuais realizados no âmbito do processo de avaliação previsto.

1991/92 - Professor profissionalizado, contratado a tempo inteiro, da Escola Profissional Bento de Jesus Caraça, exercendo funções nas delegações do Porto e de Delães (V. N. de Famalicão):

Professor das disciplinas de Integração, Teoria da Comunicação e História do Traje;

Director do Curso Técnico de Design de Moda;

Coordenador da Área de projetos, Estágios e Integração Comunitária, encarregado, designadamente, da concepção do processo curricular da Prova de Aptidão Profissional então introduzida nos currículos das Escolas Profissionais;

Membro do respectivo Conselho Pedagógico;

Representante da Escola em inúmeras reuniões, a nível nacional ou regional, com responsáveis do Gabinete de Educação Tecnológica, Artística e Profissional e de outras escolas profissionais.

1991, Setembro - Professor profissionalizado, colocado na 2ª parte do concurso, do 10º A Grupo (História) da Escola Secundária de Estarreja.

1990/91 - Professor-estagiário do 10º A Grupo (História) do Ensino Secundário na Escola Secundária de Carolina Michaelis (Porto) (cf. 1.3).

1988/89 - Professor da disciplina de Sociologia do Curso Superior de Animação Cultural da Escola Superior Artística do Porto (E.S.A.P.).

1987/88 - Professor do curso de Linguagem Técnica de Turismo do CIAL - Centro de Línguas (secção do Porto), encarregado da área disciplinar de Humanidades (História, Sociologia e Cultura), leccionada em língua inglesa.


Orientação Pós-Doutoramentos concluídos
2011-12 – Orientação de estágio de Pós-Doutoramento na Faculdade de Letras da Universidade do Porto, realizada pelo bolseiro Gilberto Grassi Calil (professor na Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Brasil), com o apoio da Fundação Coordenação do Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), com um projeto de investigação intitulado «A trajectória política de Plínio Salgado em Portugal (1939-1946)».
Orientação Doutoramentos em curso

Desde 2012 – Co-orientação da dissertação de Doutoramento em Ciências de Enfermagem do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da UP, de Maria Emília Bulcão (docente na Escola Superior de Enfermagem do Porto), com um projeto intitulado «Da Parteira Diplomada à Enfermeira Especialista em Saúde Materna e Obstétrica: memórias dos saberes e fazeres em contexto domiciliário e comunitário (1943 a 1986)», orientada pela Prof. Doutora Ana Paula França (ESEP).

Desde 2011 -  Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Filipa Sousa Lopes, que investiga sobre «A oposição ao Estado Novo e a questão de Goa (1950-1961)».

Desde 2011 -  Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Cátia Pereira, que investiga sobre «Os intelectuais do Porto. Resistência cultural e oposição ao regime (1958-1974)».

Desde 2011 -  Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Álvaro Cúria (bolseiro FCT), que trata os «Heirs of the Wall: A Comparative Analysis of the Public Reaction of Five Southern European Communist Parties to the Historical Events of 1989-1991».

2010, março – Nomeado co-orientador da Dissertação de Doutoramento de Pedro Carvalho de Almeida (docente na Universidade de Aveiro), inscrito na University of the Arts Central Saint Martins, que investiga sobre a «Portuguese Design Heritage and Product Innovation: The Reevaluation of Trademarks from the “Estado Novo” Period».

Desde 2008 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Luciana Castro Soutelo (bolseira da FCT), que trata de «A transição para a democracia nas sociedades ibéricas: reconstrução da memória histórica e identidade social (1986-2004)». Desde 2010, co-orientada pela Prof. Carme Molinero (Facultat de Filosofia i Lletres, Universitat Autònoma de Barcelona.

Desde Outubro de 2008 - Co-orientação da dissertação de Doutoramento em História Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa de Ana Sofia Ferreira (bolseira da FCT), inscrita na sob orientação do Prof. Fernando Rosas, tratando do estudo das organizações armadas de resistência ao Estado Novo nos anos 1960 e 1970.

Orientação Doutoramentos concluídos

2012-13 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Marina Rocha (licenciada em História pela Universidade Federal Fluminense), que investiga sobre «As políticas de memória da História Recente referentes a repressão na América do Sul e Sul da Europa (os casos da Argentina, Brasil, Espanha e Portugal)». Processo interrompido, por solicitação da orientanda, em julho de 2013.

2011, fevereiro-julho – Orientação da investigação realizada pelo bolseiro Nei Antônio Nunes em Portugal, com o apoio da Fundação Coordenação do Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), no âmbito da preparação de Dissertação de Doutoramento em Sociologia Política intitulada «A crítica Genealógica de Michel Foucault às Governamentalidades do Liberalismo», inscrita na Universidade Federal de Santa Catarina (Brasil), aprovada em 2012.

2010-12 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Yunus Akcali (licenciado em Relações Internacionais pela Universidade Uludag, Bursa, Turquia) sobre «Status Quo, Secularism and Moderate Islam toward Democratic Ideal: The Egypt and Turkey Cases». Orientação interrompida por decisão do orientador em 2012.

2010-11 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Daniel Marques, sobre o processo de reconhecimento do Estado de Israel por parte do Governo Português, interrompida, por abandono do doutorando do programa doutoral, em 2011.

2009-13 – Co-orientação da dissertação de Doutoramento em História de Pedro Teixeira Pereira (bolseiro da FCT), na Facultat de Filosofia i Lletres da Universitat Autònoma de Barcelona, sob orientação da Profª Doutora Carme Molinero, intitulada «Salazar y Franco: la política social ibérica (1933-1957)», aprovada em provas públicas realizadas a 11.10.2013 por um júri constituído pelos Profs. Doutores Borja de Riquer (UAB), Ángela Cenarro (Universidad de Zaragoza) e José Maria Brandão de Brito (Universidade Técnica de Lisboa).

2008-10 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Carlos Marques Ferreira, que obteve o grau de Mestre pela Faculdade de Desporto da Universidade do Porto, que desenvolveu investigação sobre a interferência do regime do Estado Novo no futebol português, interrompida, por solicitação do doutorando que abandonou o programa em 2010.

2007-12 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Ali Akça (de nacionalidade turca), que trata de «La adhesión europea de Turquía. Perspectivas portuguesas», constituindo o espanhol a língua de trabalho do investigador, interrompida, por solicitação do doutorando, em 2012.

2007-12 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Fabíola Alves de Lucena (licenciada pela Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil), que trata da «Comunicação clandestina sob a Ditadura Militar brasileira (1964-74)», interrompida, por solicitação da doutoranda, em 2010.

2007-12 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Maria Anabela Silveira: «Dos nacionalismos à guerra. Os movimentos de libertação angolanos (1945-65)», aprovada em provas públicas realizadas a 18.06.2012 por um júri constituído pelos Profs. Doutores Fernando Rosas (FCSH/Universidade Nova de Lisboa) (arguente principal), Leopoldo Amado (Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra) (arguente principal), Gaspar Martins Pereira (FLUP) (presidente por delegação), Alexander Keese (Philosophische Fakultat III, Humboldt Unioversität zu Berlin), Maciel Santos (FLUP) e eu próprio.

2006-07 - Orientação da dissertação de Doutoramento em História da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de José António Costa Ferreira, que desenvolveu investigação sobre «As Regiões Administrativas da sua institucionalização constitucional de 1976 ao referendo nacional de 1998. O preceito constitucional por cumprir - a sua não instituição en concreto», interrompida, por solicitação do doutorando, em 2007.

2006, Janeiro-Setembro – Orientação da investigação realizada pelo bolseiro Carlos Zacarias F. de Sena Júnior, docente da Universidade Estadual da Bahia (Brasil), em Portugal, com o apoio da Fundação Coordenação do Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), no âmbito da preparação de Dissertação de Doutoramento intitulada «Os comunistas e os dilemas da União Nacional na revolução (im)possível, 1938-1948», inscrita na Universidade Federal de Pernambuco (Brasil), aprovada em 2007.

Orientação Mestrados concluídos

2010-12 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Filipe Agostinho Pinto da Costa Galvinas Piedade (bolseiro do projeto FCT PTDC/HIS-HIS/121001/2010): «A caminho do Estado novo e do Terceiro Reich: a “Lição de Hitler” e a “Lição de Salazar” na imprensa portuguesa (1930-1933)», defendida em provas públicas a 14 de Dezembro de 2012, arguida pelo Prof. Doutor Fernando Rosas (FCSH/UNL), obtendo a classificação final de 17 valores.

2009-12 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Sandro Motta campos (licenciado em História pela Universidade Federal do Rio de Janeiro): «A formação das mentes colonialistas: O discurso colonial no ensino liceal do Estado Novo (1954-1974)», defendida em provas públicas a 12 de Dezembro de 2012, arguida pela Doutora Cláudia Castelo (Instituto de Investigação Científica Tropical), obtendo a classificação final de 18 valores.

2009-12 - Orientação do estágio académico no âmbito do Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Leonor Cunha, realizado no Gabinete de Relações Internacionais da Faculdade de Belas-Artes da UP, sob a co-orientação da Dra. Joana Cunha, diretora daquele serviço; Relatório de Estágio («Mobilidade e Cooperação IN na FBAUP. As Belas Artes como complemento de outras formações») foi defendido em provas públicas realizadas a 28 de novembro de 2012, arguido pelo Prof. Doutor Luís Grosso Correia (FLUP).

2010-12 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de João Teixeira: Os contributos da Cooperação Civil-Militar para a política externa portuguesa – O caso das Unidades de Engenharia Militar no Líbano», defendida em provas públicas a 27 de novembro de 2012, arguida pela Profª. Doutora Raquel Freire (Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra).

2010-12 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Mariana Santos: «Eurocéticos vs. Eurotimistas: A luta pela europeização», defendida em provas públicas a 26 de novembro de 2012, arguida pela Profª. Doutora Licínia Santos (Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra).

2010-12 - Orientação do estágio académico no âmbito do Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Danute Lescinskaite (licenciada em Ciências Sociais pela Universidade Pedagógica de Vilnius, Lituânia), realizado no Serviço de Relações Internacionais da UP, sob a co-orientação da Dra. Cristina Ferreira, diretora daquele serviço; Relatório de Estágio («Impact of Bologna Process: Benefits and Constraints of International Cooperation at the University of Porto»)foi defendido em provas públicas realizadas a 13 de setembro de 2012, arguido pelo Prof. Doutor Luís Grosso Correia (FLUP).

2010-12 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Ana Luísa Almeida: «A posição dos partidos políticos portugueses face a guerra da Bósnia-Herzegovina (1992-1995)»,  defendida em provas públicas a 11 de setembro de 2012, arguida pela Profª. Doutora Raquel Freire (Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra), obtendo a classificação final de 17 valores.

2008-11 e 2012-13 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Hiris Ribeiro: «Visão Portuguesa do processo de emergência do Estado Novo», defendida em provas públicas a 6 de Dezembro de 2011, arguida pela Doutora Heloísa Paulo (Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX, Universidade de Coimbra), tendo sido reprovada; reinscrita no ano letivo de 2012/13.

2008-11 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Daniel Vieira: «”Não podiam trabalhar com fome". A Greve de 1946 nas Minas de São Pedro da Cova», defendida em provas públicas a 20 de Dezembro de 2011, arguida pelo Prof. Doutor Maciel Santos (FLUP), obtendo a classificação final de 16 valores.

2009-11 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Daniel Cunha Teixeira: «A rede Shell: Polícia Politica, Espionagem e Resistência Civil em Portugal durante a Segunda Guerra Mundial (1940-1942)», defendida em provas públicas a 20 de Dezembro de 2011, arguida pelo Prof. Doutor Fernando Rosas (FCSH/UNL), obtendo a classificação final de 16 valores.

2009-11 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Nuno Filipe Dias da Costa: «O Norte a Sós - A Revolução do 25 de Abril de 1974 no Norte de Portugal», defendida em provas públicas a 19 de Dezembro de 2011, arguida pelo Prof. Doutor Josep Sánchez Cervelló (Facultat de Lletres, Universitat Rovira i Virgili, Tarragona), obtendo a classificação final de 19 valores.

2010-11 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Marta Silva (1º ano realizado na Universidade do Minho, transferida para a UP): «Construção do nacionalismo árabe no Egipto: o conceito de nação no Médio Oriente, a arabização do discurso nasserista e a articulação das relações com o Islão», defendida em provas públicas a 19 de Dezembro de 2011, arguida pelo Prof. Doutor José Manuel Pureza (Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra), obtendo a classificação final de 18 valores.

2009-11 - Orientação do estágio académico no âmbito do Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Lisa Dequech, realizado no Serviço de Relações Internacionais da UP, sob a co-orientação da Dra. Cristina Ferreira, diretora daquele serviço; Relatório de Estágio («Os estudantes estrangeiros na Universidade do Porto: A aprendizagem numa perspectiva intercultural») foi defendido em provas públicas realizadas a 22 de novembro de 2011, arguido pelo Prof. Doutor Luís Grosso Correia (FLUP), obtendo a classificação final de 18 valores.

2009-10 – Orientação da dissertação de Mestrado em Ciências da Comunicação (Ramo de Comunicação Política) da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Álvaro António Cúria Fonseca Cardoso Lima: «Comunicação da ideologia comunista no pós-queda do Muro de Berlim: limitações, rupturas e continuidades. O caso português: a imagem do PCP no século XXI», defendida em provas públicas a 21 de Dezembro de 2010, arguida pelo Prof. Doutor Virgílio Borges Pereira (Departamento de Sociologia, FLUP), obtendo a classificação final de 18 valores.

2008-10 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Daniel Marques: «Portugal e Israel: O Estado Novo face à criação do Estado de Israel (1946-1953)», defendida em provas públicas a 20 de Dezembro de 2010, arguida pelo Prof. Doutor João Paulo Avelãs Nunes (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra), obtendo a classificação final de 18 valores.

2008-10 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Tiago Silva: «Operação dos Açores 1941», defendida em provas públicas a 20 de Dezembro de 2010, arguida pelo Prof. Doutor João Paulo Avelãs Nunes (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra), obtendo a classificação final de 15 valores.

2008-10 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Bruno Maia: «A entrada da Itália na Segunda Guerra Mundial vista pela diplomacia portuguesa (1939-1940)», defendida em provas públicas a 16 de Dezembro de 2010, arguida pelo Prof. Doutor João Paulo Avelãs Nunes (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra), obtendo a classificação final de 15 valores.

2008-10 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Cátia Pereira: «Posição de Portugal perante o conflito germano-polaco de 1939», defendida em provas públicas a 16 de Dezembro de 2010, arguida pelo Prof. Doutor João Paulo Avelãs Nunes (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra), obtendo a classificação final de 15 valores.

2007-09 – Orientação, no âmbito do Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação, das dissertações de Ana Luísa Capitão (estratégia portuguesa de internacionalização do Ensino Superior no âmbito da América Latina) e de Hidemi Ishikura (funcionária diplomática japonesa; aplicabilidade do modelo europeu de integração ao caso da Ásia Oriental), e do estágio de Ricardo Bastos, realizado no Departamento de Conteúdos e na Direcção de Relações Externas da SAD do Futebol Clube do Porto a partir de 1.01.2009 sob a co-orientação de Jaime Teixeira, diretor daquele departamento, todos não concluídos.

2007-09 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Ana Castro Paiva, «Relações culturais Portugal Catalunha», defendida em provas públicas a 22 de Dezembro de 2009, arguida pela Profª Doutora Maria de Fátima Silva (Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos da FLUP), obtendo a classificação final de 13 valores.

2007-09 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Ana Mª Ferreira Campos: «O relacionamento Portugal-Galiza: das afinidades históricas e linguísticas à cooperação económica», defendida em provas públicas a 21 de Dezembro de 2009, arguida pelo Prof. Doutor Virgílio Borges Pereira (Departamento de Sociologia, FLUP), obtendo a classificação final de 17 valores.

2007-09 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Carla Mendes Rodrigues: «O relacionamento externo bilateral entre Portugal e Venezuela, de 2005 a 2009. Sinceridade ou oportunidade?», defendida em provas públicas a 21 de Dezembro de 2009, arguida pela Profª Doutora Ana Paula Africano (Faculdade de Economia do Porto), obtendo a classificação final de 16 valores.

2007-09 - Orientação do estágio académico no âmbito do Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Maria João Camelo de Barros, realizado na Divisão das Relações Internacionais e Cooperação Económica da Câmara Municipal da Maia, no período de 1.11.2008 a 30.4.2009, sob a co-orientação do Dr. Pedro Miguel Rodrigues, chefe daquela divisão; Relatório de Estágio («Cooperação descentralizada: um campo de acção determinante nas Relações Internacionais») foi defendido em provas públicas realizadas a 30 de novembro de 2009, arguido pela Profª Doutora Nicole Vareta (FLUP), obtendo a classificação final de 18 valores.

2007-09 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Orlando do Rosário Sebastião (licenciado pelo Instituto Superior de Relações Internacionais, Maputo, Moçambique): «Massacre de Wyryamu e a opinião pública portuguesa: negacionismo, revisionismo ou empirismo (1972-2009)», defendida em provas públicas a 28 de Outubro de 2009, obtendo a classificação final de 16 valores.

2007-09 - Orientação da dissertação de Mestrado em História, Relações Internacionais e Cooperação de Pedro Capra Vieira (licenciado pela Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil): «Referendo: Mecanismo de democracia direita no espaço Europeu», defendida em provas públicas a 27 de Outubro de 2009, arguida pelo Prof. Doutor Paulo Ferreira da Cunha (Faculdade de Direito da Universidade do Porto), obtendo a classificação final de 16 valores.

2006-09 - Orientação das dissertações de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Carlos Monteiro Ribeiro (papel dos advogados nos Tribunais Plenários da ditadura salazarista) e Mário Franco Alves (impacto da Guerra do Vietname na Guerra Colonial 1961-74), não concluídas.

2006-09 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Luciana de Castro Soutelo (licenciada pela Universidade Federal Fluminense, Niterói, Brasil): «A memória do 25 de Abril nos anos do cavaquismo: o desenvolvimento do revisionismo histórico através da imprensa (1985-1995)», defendida em provas públicas a 17 de Dezembro de 2009, arguida pela Profª Doutora Paula Godinho (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa), obtendo a classificação de Muito Bom.

Desde Junho 2006 – Orientação da dissertação de Mestrado em Estudos Locais e Regionais da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Eliana Brites Rosa: «A elite municipal e distrital do Porto (1926-1945)», defendida em provas públicas a 16 de Novembro de 2009, arguida pelo Prof. Doutor António Costa Pinto (ICS da Universidade de Lisboa), obtendo a classificação de Muito Bom.

2004-08 - Orientação das dissertações de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Hélder R. Marques, José Filipe Neves da Silva, Nuno Telheiro Martins, Sandra Bernardo Costa, Vera Pimenta e Zita Areal, em áreas da História Política e Social do séc. XX, não concluídas.

2004-08 - Orientação da dissertação de Mestrado em História da Educação da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Virgínia Pereira: «Professores do Ensino Liceal entre 1947 e 1968: formação, boas práticas educativas e perfil institucional», arguida pela Prof. Doutora Isabel Barca (Universidade do Minho) a 17 de Junho de 2008, obtendo a classificação de Muito Bom.

2004-08 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Ana Sofia Ferreira: «Esperança defraudada: o Porto nas eleições presidenciais de 1949 e 1958», arguida pelo Prof. Doutor Fernando Rosas (F.C.S.H. da Universidade Nova de Lisboa) a 31 de Março de 2008, obtendo a classificação de Muito Bom.

2004-06 – Orientação da dissertação do Arqº. Pedro da Costa Barreto, com o título provisório de «Estado Novo, Planeamento e Território - o caso da Exposição de Obras Públicas de 1948», no âmbito do programa de Estudos Avançados/Arquitectura, Território e Memória da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra – não concluída.

2003-05 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de Nélida M. Freire Brito, «O Tarrafal na memória dos seus prisioneiros, 1936-54», arguida pela Profª Doutora Paula Godinho (F.C.S.H. da Universidade Nova de Lisboa) a 16 de Novembro de 2004, obtendo a classificação de Muito Bom; publicada sob o título Tarrafal na memória dos prisioneiros (1936-1954), Lisboa: Edições Dinossauro, 2006.

2003-05 - Orientação da dissertação de Mestrado em História Contemporânea da Faculdade de Letras da Universidade do Porto de José A. Costa Ferreira, «O Poder Local e Regional na Assembleia Constituinte de 1975/76. As Regiões Administrativas», arguida pelo Prof. Doutor António Reis (F.C.S.H. da Universidade Nova de Lisboa) a 16 de Março de 2005, obtendo a classificação de Muito Bom; publicada sob o título de Poder Local e Regional na Assembleia Constituinte de 1975/76, Lisboa: Pubs. Dom Quixote/Assembleia da República, 2007.

1995/96 - Orientação científica e metodológica de seis projetos individuais (todos aprovados) conclusivos do Curso de Estudos Superiores Especializados em Administração Escolar da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, no quadro do Seminário II, nas temáticas das políticas locais de educação, dos modelos organizacionais de escola, dos percursos de vida na área da formação profissional e da participação dos alunos na vida escolar; acompanhamento inconclusivo de um sétimo projeto (Maio-Outubro de 1996) do ano letivo de 1996/97.

Lista de Projectos de investigação em curso

Investigador Responsável pelo projeto PTDC/HIS-HIS/121001/2010 [«Estado e memória: políticas públicas da memória da ditadura portuguesa (1974-2009)»], com financiamento aprovado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia para o período de 1.4.2012-31.3.2014, coordenando uma equipa de que fazem parte os professores e investigadores Carme Molinero (Centre d’Estudis sobre les Èpoques Franquista i Democràtica da Universitat Autònoma de Barcelona), Pere Ysàs (CEFID-UAB), Xosé Manuel Núñez Seixas (Universidade de Santiago de Compostela), Fernando Rosas (IHC/FCSH/UNL), Paula Godinho (Instituto de Estudos de Literatura Tradicional da FCSH/UNL), Cristina Nogueira (IHC/FCSH/UNL), Luciana Castro Soutelo (IHC/FCSH/UNL), Sofia Ferreira (Instituto de História Contemporânea da FCSH/UNL), Bruno Monteiro (Instituto de Sociologia da FLUP) e Tiago Matos Silva (Instituto de Estudos de Literatura Tradicional da FCSH/UNL), e os consultores Enzo Traverso (Université de la Picardie - Jules Verne), Julián Casanova (Universidad de Zaragoza), Luisa Passerini (Università degli Studi di Torino) e Silvestre Lacerda (Diretor-Geral de Arquivos, Portugal). A 1 de agosto de 2012 foram integradas as professoras Carla Luciana Silva (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), Isabel Menezes (Universidade do Porto) e Lucileide Costa Cardoso (Universidade Federal da Bahia).

Investigador do projeto PTDC/CS-SOC/118830/2010 [«Keep it simple, make it fast! Prolegómenos e cenas punk, um caminho para a contemporaneidade portuguesa (1977-2012)»] com financiamento aprovado pela FCT para o período 01-01-2012-01.01.2015.

Publicações Teses

2008 - «O nosso século é fascista!» O mundo visto por Salazar e Franco (1936-1945). Porto: Campo das Letras, 954 págs.

1996 - Salazarismo e Franquismo na Época de Hitler (1936-1942). Convergência política, preconceito ideológico e oportunidade histórica na redefinição internacional de Portugal e Espanha, prefácio do Prof. Hipólito de la Torre, Porto: Campo das Letras, 375 págs.

Publicações Livros (como Autor)

2010 – Em co-autoria com Sofia Ferreira, Insubmisso à tirania. A cidade durante a ditadura, vol. 14 de História do Porto, Porto: QuidNovi, 111 págs.

Publicações Livros (como Editor e/ou Coordenador)

2010 – Em coordenação conjunta com Teresa Siza, Resistência. Da alternativa republicana à luta contra a ditadura (1891-1974), catálogo da exposição com o mesmo nome no Centro Português de Fotografia (31.1-31.12.2010), s.l.: Comissão Nacional para a Comemoração do Centenário da República, [2010], 104 pp. Autor de «Lutar pela liberdade! Da alternativa republicana à resistência contra a ditadura (1891-1974)», pp. 11-19.

2006 - Em coordenação conjunta com Maria da Conceição Meireles Pereira, Portugal, 30 anos de Democracia (1974-2004), Porto: Editora da Universidade do Porto, 294 pp.. Autor de «Fim do colonialismo, ruptura política e transformação social em Portugal nos anos setenta» (pp. 153-193) e de (em conjunto Nuno Martins) «Para a História do 25 de Abril no Norte de Portugal – Histórias de vida do MFA» (pp. 265-284). Colaborações de Fernando Rosas, António Costa Pinto, Abdoolkarim Vakil, Josep Sánchez Cervelló, José Madureira Pinto, Virgílio Borges Pereira, Dulce Freire, José António Ferreira, Ricardo Gomes, Tiago Matos Silva, Nuno Martins e equipa de investigação da Universidade Popular do Porto.

2000 - Em coordenação conjunta com Iva Delgado, António Cluny, Carlos Pacheco, Ricardo Monteiro, De Pinochet a Timor Lorosae. Impunidade e Direito à Memória, Lisboa: Fundação Humberto Delgado/Edições Cosmos. Autor de «Esquecimento, revisão da História e revolta da memória», pp. 189-202. Versão espanhola: Impunidad y Derecho a la Memoria. De Pinochet a Timor, Madrid: Sequitur, 2000.


Publicações Capítulos Livros

2013 - «A culpa é dos políticos?», in SOEIRO, José; CARDINA, Miguel; SERRA, Nuno (coords.), Não acredite em tudo o que pensa. Mitos do senso comum na era da austeridade, Lisboa: Tinta da China, pp. 223-36.

2013 - «1989 im Kontext portugiesischer Kontroversen über die jüngste Vergangenheit. Die rechte Rhetorik der zwei Diktaturen», in FRANÇOIS, Etienne; KOŃCZAL, Kornelia; TRABA, Robert; TROEBST, Stefan (eds.), Geschichtspolitik in Europa seit 1989. Deutschland, Frankreich und Polen im internationalen Vergleich, Göttingen: Wallstein, pp. 396-426.

2011 - «Ruy Luís Gomes», in AA.VV., Os reitores da Universidade do Porto, 1911-2011, Porto: Universidade do Porto/Fundação Engenheiro António de Almeida, pp. 203-13.

2011 - «Natureza, funções e efeitos das eleições em regimes ditatoriais: o Estado Novo em perspectiva comparada», in FREIRE, André (Coord. cient.), Eleições e sistemas eleitorais no século xx português: uma perspectiva histórica e comparativa. X Curso Livre de História Contemporânea, Lisboa: Colibri/Fundação Mário Soares/Instituto de História Contemporânea da FCSH da UNL, pp. 135-208.

2011 - «Cambiar de vida, cambiar la vida: obreros en Oporto, de la dictadura a la revolución (1960-1976)», in TÉBAR HURTADO, Javier (ed.), El movimiento obrero en la gran ciudad. De la movilización sociopolítica a la crisis económica, «presentación» de Javier Coscubiela, [Barcelona]: El Viejo Topo, pp. 17-39, resultado de comunicação com o mesmo título apresentada no âmbito do seminário internacional El Moviment Obrer a la Gran Ciutat: Dues Dècades Crucials, 1960-1980(Barcelona, 14-15.09.2009), organizado pelo Arxiu Històric de la Ciutat de Barcelona.

2010 - «Ouvem-se já os tambores...», in Sérgio Valente, um fotógrafo na oposição, prefácio de Germano Silva, Porto: Edições Afrontamento, pp. 11-28.

2010 - «Coming to Terms with the Dictatorial Past in Portugal after 1974: Silence, Remembrance and Ambiguity», in TROEBST, Stefan, e BAUMGARTL, Susan (eds.), Postdiktatorische Geschichtskulturen im Süden und Osten Europas. Bestandsaufnahme und Forschungsperspektiven, Göttingen: Wallstein Verlag, pp. 55-121, apresentado na International Workshop The Solace of History in Coming to Terms with Dictatorial Pasts: Southern and Eastern Europe Compared (Varsóvia e Kazimierz Dolny, Polónia, 8-11 de Junho de 2006), organizada pelo Leipzig Centre for the History and Culture of East Central Europe (GWZO) e o Historical Institute of the University of Warsaw, em colaboração com o Willy Brandt Centre for German and European Studies of the University of Wrocław.

2009 - «Elites and economic modernization in Portugal (1945-1995): authoritarianism, revolution and liberalism », in SATTLER, Friederike e BOYER, Christoph (eds.), European economic elites – between a new spirit of capitalism and the erosion of state socialism, Berlim: Dancker & Humblot, pp. 153-195. Texto resultante de comunicaçãoRupture vs. Democratic Normalization: Revolution and Elite Renovation in Portugal, 1974 – 1995, apresentada na conferência internacional em Potsdam (1/2 Novembro de 2007).

2008 - «O(s) fascismo(s): operatividade histórica de um conceito maldito», in SILVA, Paulo Santos; SENA JÚNIOR, Carlos Zacarias F. de (orgs.), O Estado Novo. As múltiplas faces de uma experiência autoritária. Salvador (Bahia): EDUNEB, pp. 17-34.

2008 – «As duas “primaveras”: o Marcelismo e o 25 de Abril», Comentárioà conferência de Fernando Rosas, in CATROGA, Fernando (coord.), Optimismo e pessimismo acerca do futuro de Portugal. VIII Curso Livre de História Contemporânea, 21-26 de Nov. Lisboa: Fundação Mário Soares/Instituto de História Contemporânea da FCSH da UNL/Edições Colibri, pp. 111-42.

2006 – Entradas «Figueiredo, Mário de», «Nosolini Pinto Osório da Silva Leão, José», «Ramirez, Sebastião Garcia», in CRUZ, Manuel Braga da; PINTO, António Costa (coords.) (2006) Dicionário Biográfico Parlamentar (1934-74, vols. IV (pp. 635-639 e 804-805) e V (pp. 418-420). Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais/Assembleia da República.

2003 - Entrada «Pacheco, António Carneiro» in NÓVOA, António (coord.), Dicionário de Educadores Portugueses. Porto: Edições Asa, pp. 1030-1035.

2003, Setembro - «Salazarismo nel Portogallo: una repressione selettiva, classista e razzista» e «La Spagna di Franco: viva la muerte!», separatas da série «Pagine di Storia» dedicada ao tema I regimi della paura (Roma: l'Unità).

2002 - Anexos 1 («Fontes documentais e bibliográficas»), 2 («P.I.P.S.E.. Análise Evolutiva do Sucesso Educativo de 86/87 a 90/91») e 5 («Extractos das declarações dos entrevistados»), in PIRES, Eurico Lemos, Da inquietação à quietude. O caso do PIPSE. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional/Ministério da Educação, pp. 65-68, 73-89. Produto da colaboração directa com o Dr. Eurico Lemos Pires (Instituto Politécnico do Porto) no trabalho de análise da actividade realizada pelo Programa Interministerial de Promoção do Sucesso Educativo - PIPSE, contratado a 5/5/1992 pelo Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, encarregado da organização de toda a documentação de apoio, sua interpretação, acompanhamento crítico da construção do relatório final resultante de tal trabalho, intitulado «Programa Interministerial de Promoção do Sucesso Educativo - Do Programa e sua análise à proposta de institucionalização».

2001 - «A Espanha no historicismo salazarista: de António Sardinha ao Bloco Ibérico», in TORRE GÓMEZ, Hipólito de la; TELO, António José (coords.), La mirada del otro. Percepciones luso-españolas desde la Historia, Mérida: Junta de Extremadura/Gabinete de Iniciativas Transfronterizas, pp. 81-120. Paper apresentado nas jornadas «O olhar do outro. Percepções luso-espanholas a partir da História» (Diputación Provincial de Badajoz, 7-8/11/2001), organizada pela Ágora Academia/Gabinete de Iniciativas Transfronterizas de la Presidencia de la Junta de Extremadura, dirigidas pelos profs. António José Telo (Academia Militar, Lisboa) e Hipólito de la Torre (U.N.E.D., Madrid).

2000 - «Los regímenes autoritarios», in TORRE GÓMEZ, Hipólito de la (ed.), Portugal y España Contemporáneos, Ayer, nº 37, Madrid: Marcial Pons/Asociación de Historia Contemporánea, pp. 125-162.

1998 - (Coautor com Juan Carlos Jiménez) «Problemas históricos de la relación luso-española», in «Epílogo: La proyección exterior de los Estados peninsulares» de TORRE GÓMEZ, Hipólito de la (ed.), España y Portugal. Siglos IX-XX. Vivencias históricas. Madrid: Editorial Síntesis/Universidad de Oviedo, [1998], pp. 367-380.

1998 - «Electoral Proceedings in Salazarist Portugal (1926-1974): Formalism and Fraud in a 150-year old Context of Elitarian Franchise», in ROMANELLI, Raffaele (ed.), How Did They Become Voters? The History of Franchise in Modern European Representation, The Hague/London/Boston: Kluwer Law International, 1998, pp. 227-250.

Versão portuguesa - «O processo eleitoral salazarista (1926-1974) no contexto de 150 anos de sufrágio elitista em Portugal» - in Encontros de divulgação e debate em estudos sociais, nº 2 (Eleições), 1º semestre 1997, Vila Nova de Gaia, pp. 39-51. Actualização: «As eleições no Salazarismo: formalismo, controlo e fraude», in CRUZ, Maria Antonieta (org.), Eleições e sistemas eleitorais: perspectivas históricas e políticas, Porto: U.Porto Editorial, 2009, pp. 127-57.

Versão espanhola: «El proceso electoral salazarista (1928-1974) en el contexto de 150 años de sufragio elitista», in MORENO FONSERET, Roque (ed.), Plebiscitos y elecciones en las dictaduras del sur de Europa (siglo XX). Alcoy: Editorial Marfil, pp. 175-200. Paper apresentado nas Jornadas de Verano sobre «Las dictaduras del sur de Europa en el siglo XX» (Benissa, 19-21/7/2001), coordenadas pelo Prof. Roque Moreno Fonseret (Universitat d'Alacant) e organizadas pela Universitat d'Alacant.

1996 - «As políticas de construção do Ensino Básico em Portugal. Reforma, contra-reforma e modernização educativa através da obrigatoriedade escolar, 1910-1974», 1º capítulo de PIRES, Eurico Lemos (Org.), Educação Básica. Reflexões e Propostas, Porto: Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação, 1996, pp. 11-82.

Artigos em Revistas com referee

2011 - «Depois da Revolução?... Revisionismo histórico e anatemização da Revolução», in Revista História & Luta de Classes, Ano 7, Edição nº 12, Setembro, pp. 11-16.

2010 - «Salazarismo e Franquismo: projecto, adaptação e História», in Revista de História das Ideias, Vol. 31, Coimbra, pp. 449-98.

2008 - «España en la mirada portuguesa: ilusión, tragedia y terror»in MORADIELLOS, Enrique (de.), Miradas sobre España. Revista Historia del Presente, nº 11 (II série), Madrid: Asociación de Historiadores del Presente y Editorial Eneida, pp. 61-95.

2007 - «Marcelismo e ruptura democrática no contexto da transformação social portuguesa dos anos 1960 e 1970», in Espacio, Tiempo y Forma, Serie IV, Historia Moderna, t. 19 (2006), pp. 139-78.

2006 - «A memória da Guerra de Espanha em Portugal através da historiografia portuguesa», in Ler História, 51 («Dossier Guerras Civis»), Lisboa, pp. 77-131.

2003 - «Un país visto desde arriba: revistas politicoculturales en el Portugal contemporáneo (1820-1974)», in CATTINI, Giovanni; COSTA, Óscar; GUIRAO, Antoni; IZQUIERDO, Santiago (coords.), Els portaveus culturals a l'espai mediterrani, nº 6 (gener 2003) de Cercles. Revista d'Història Cultural. Barcelona: Publicacions de l’Universitat de Barcelona, pp. 126-56.

2002 - «Um complexo nacionalista mal assumido», in História, nº 50 [ano XXV (III Série)], Dossier «"O perigo espanhol". Portugal e Espanha: que relações, afinal?», Novembro 2002, Lisboa, pp. 26-28.

1999 - «La política cultural de los "Estados Nuevos" español y portugués (1936-1945): tradicionalismo, modernidad y confesionalización», in Revista de Occidente («Ideología y Cultura en la España de los vencedores (1939-1945)»), nº 223, Diciembre 1999, Madrid, pp. 41-62.

1999 - «Salazarismo e Franquismo: suspeição nacionalista e comunidade ideológica», in História, nº 12, (Nova série), Dossier «Portugal e Espanha. Paralelismos e interacções de 1898 a 1974», Março de 1999, Lisboa, pp. 52-61.

1998 - «As grandes directrizes da "Nova Ordem" educacional salazarista e franquista nas décadas de 1930 e 1940», in MAGALHÃES, Justino (Org.), (s.d.), Fazer e ensinar História da Educação. Braga: Instituto de Educação e Psicologia/Centro de Estudos em Educação e Psicologia/Universidade do Minho, 1998, pp. 311-331.

1997 - (Coautor com Juan Carlos JIMÉNEZ) «La inserció internacional de les dictadures ibèriques», in L'Avenç. Revista d'Història, nº 216, Juliol-agost 1997, Barcelona, pp. 34-54.

1997 - «Portugal, Espanha e a questão colonial nas Nações Unidas», in História, ano XIX (nova série), nº 30, Abril 1997, Lisboa, pp. 14-23.

1996 - «Ideologia, mentalidade política e políticas educativas no Portugal e na Espanha contemporâneos», in Notícias do Instituto Politécnico do Porto, nº 9, 19/12/96, pp. 63-67.

1996 - «A difícil implantação de modelos escolares alternativos em Portugal: do Ensino Médio ao Ensino Superior Politécnico», in Notícias do Instituto Politécnico do Porto, nº 6, 23/1/1996, pp. 38-50.

1995 - «Salazarismo e "Nova Ordem" europeia (1938-1942): a percepção voluntária de um "Fim da História" fascista», in Vértice, nº 69 (II Série), Novembro-Dezembro 1995 («A Segunda Guerra Mundial, 50 anos depois...»), Lisboa, pp. 69-86.

 

Outras Publicações

PREFÁCIOS DE LIVROS:

2013 – «Uma metáfora do regime», prefácio a CRUZ, Valdemar, Histórias Secretas do Atentado a Salazar

2006 – BRITO, Nélida Maria Freire, Tarrafal na memória dos prisioneiros (1936-1954), Lisboa: Edições Dinossauro, prefácio, pp. 5-9.

Encontros Científicos (comunicações por convite)

2013, julho – Conferência «Les esquerres, el final del model de postguerra i la revolució conservadora», no âmbito das Jornades d’actualització científica i didàctica (6a edició) «Dictadura, Democràcia i Estat del Benestar de la segona meitat del segle XX al segle XXI», coordenadas pelas professoras Carme Molinero e Dolors Quinquer e organizadas pelo Centre d’Estudis sobre les Èpoques Franquista i Democràtica (CEFID-UAB) e pelo Institut de Ciències de l’Educació (ICE-UAB) (Barcelona, UAB, Casa Convalescència, 3.7.2013).

2013, abril – Conferência «Álvaro Cunhal no séc. XX português», organizada pela Biblioteca Municipal de Vila do Conde (26.4.2013).

2013, abril – Conferência «Mitos sobre o colonialismo português: Da reprodução de violências ao amor tropical», em painel com o Prof. Doutor José Pires Laranjeira (FLUC/Centro de Literatura Portuguesa, CLP), organizada pela Secção de Divulgação das Culturas Lusófonas da Associação Académica de Coimbra (Coimbra, Departamento de Antropologia, 16.4.2013).

2013, março – Conferência «A política externa portuguesa após o 25 de Abril», organizada pelo Núcleo de Estudantes de Relações Internacionais do Porto (FLUP, 20.3.2013)

2013, janeiro – Apresentação do livro ROSAS, Fernando, Salazar, a arte de saber durar, Lisboa: Tinta da China (Porto, livraria UNICEPE, 25.1.2013).

2012, novembro - Conferência «Crises económicas, crises políticas. Crises e mudança política em Portugal», no âmbito do V Encontro de História do Alentejo Litoral (Sines, 4.11.2012). 

2012, outubro - Conferência «O Portugal de Salazar perante o Holocausto: uma reavaliação», a convite da organização da conferênciaPortugal e o Holocausto. Aprender com o passado, ensinar para o futuro, organizado pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento e pela Fundação Calouste Gulbenkian (Lisboa, 29-30.10.2012), apresentada na sessão «Relações Políticas e Diplomáticas», coordenada por Irene Pimentele moderada por AntónIo José Telo (Academia Militar, Lisboa), num painel partilhado com Avraham Milgram (Yad Vashem, Jerusalém), Christa Heinrich e Ansgar Schaefer (IHC/FCSH/UNL).

2012, outubro – Participação em sessão sobre «Literatura/Memória/Turismo», com conjunto com Nuno Domingues (Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa) e Miguel Cardina (Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra), na Formação SOS Racismo (Tocha, 5-7.10.2012).

2012, agosto – Conferência de encerramento do VI Encontro Estadual de História, da ANPUH-Bahia/Associação Nacional de História (Universidade Estadual de Santa Cruz, BA), sob o título «Pós-colonialismo ou neocolonialismo? A permanência das teses da supremacia ocidental na análise do mundo pós-colonial». 

2012, junho – Conferência sobre «Reconstrucciones sociopolíticas de la memoria del Salazarismo», no âmbito do Seminario Permanente Rastros y Rostros de la Violencia, organizado pelo projeto «Las políticas de la memoria en la España actual: balance de una década de exhumaciones» (CS02009-09681), coordenado pelo Investigador Francisco Ferrándiz (Centro de Ciencias Humanas y Sociales, Consejo Superior de Investigaciones Científicas), Madrid (27.6.2012). 

2012, junho – Intervenção pública na homenagem (23.6.2012) aos trabalhadores portugueses assassinados no verão de 1936 em Campobecerros no início da Guerra de Espanha, promovida pelo município de Castrelo do Val (Ourense), com conjunto com o Alcalde Vicente Gómez, Dionisio Pereira (Proxecto Nomes e Voces) e Paula Godinho (FCSH/UNL). 

2012, junho – Discussant das intervenções no painel «International dimension of the Portuguese Dictatorship» - Aurora Santos (IHC/FCSH/UNL): «Portuguese and Spanish Colonial Issues in the United Nations»; Rui Lopes (LSE, IHC/FCSH/UNL), «Confronting Portugal within NATO, 1970-1974»; e Pedro Aires Oliveira (IHC/FCSH/UNL): «A sense of hopelessness? Portuguese exile communities and the opposition to the New State (c. 1968-1974)» - do WorkshopThe international dimension of Southern European Dictatorships:Spain, Portugal and Greece in the Cold War system, 1968-1975, organizado por Antonio Moneo, Rui Lopes, Eirini Karamouzi, Piers Ludlow e Konstantina Maragkou do Cold War Studies Programme do IDEAS da London School of Economics (19.6.2012).

2012, junho – Discussão, em conjunto com Rosa Nunes (FPCEUP) sobre a apresentação de posters apresentados no seminário organizado pelo Projeto EduCiParT – Educação para a Cidadania Participatória em Sociedade em Transição, coordenado por Isabel Menezes (FPCEUP), na Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (5.6.2012).

2012, maio – Conferência sobre «¿Una memoria de clase? Representación de la lucha obrera en la resistencia antisalazarista», no âmbito do Seminario Internacional Movimiento Obrero y Dictaduras: España, Portugal y Brasil, organizado pelo Archivo de Fuentes Orales para la Historia Social de Asturias e pela Universidad de Oviedo (10-11.5.2012), coordenado pelo Prof. Rubén Vega, com a participação dos profs. Fernando Rosas (IHC/FCSH/UNL), José Antonio Pérez (Euskal Herriko Unibertsitatea – Universidad del País Vasco), Francisco Erice (Universidad de Oviedo), Valério Arcary (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo) e Marcelo Badaró (Universidade Federal Fluminense), entre outros.

2012, abril – Conferência «25 de Abril de 1974. Porque se fazem as revoluções?», sessão organizada para turmas do Ensino Básico (3º ciclo) e Secundário da Escola Secundária Gonçalves Zarco (Matosinhos, 23.4.2012). 

2012, abril – Conferência «Dictadura, Revolución, Democracia: el caso portugués», no âmbito do colóquio La Transición a la democracia en España y Portugal, apresentada em mesa-redonda com a jornalista Victoria Prego, moderado pelo Prof. Salah Fadi (Universidade Ain Shams, Cairo), organizado pelos institutos Cervantes e Camões, a Faculdade de Letras e o Centro de Estudos Iberoamericanos da Universidade do Cairo (Departamento de História da Universidade do Cairo, 9.4.2012). 

2012, março – Participação no colóquio-mesa-redonda sobre «Iraque, 9 anos depois da invasão. Esperanças e ameaças à libertação no mundo árabe e muçulmano», em conjunto com Haifa Zangana, Mundher Adhami, Eduardo Maia Costa e Pedro Bacelar de Vasconcelos, moderado por Manuel Raposo, organizado pelo Tribunal Iraque no Centro de Cultura e Recreio, com o apoio da Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012 (17.3.2012).

2012, fevereiro - «A culpa é dos políticos?», conversa com Gui Castro Felga, moderada por José Soeiro, no âmbito da série Conversas sobre o senso comum organizada pela Cooperativa Culturas do Trabalho e Socialismo (CULTRA) na Cooperativa Gesto (Porto, 24.2.2012). 

2012, fevereiro – Participação no colóquio-debate «O tempo do trabalho e o tempo dos homens», com Jorge Leite e Joaquim Dionísio, organizado pela Comissão para a Defesa da Liberdade e da Democracia (Casa do Alentejo, Lisboa, 22.2.2012). 

2011, Dezembro - «Crisis de la República y orígenes del Estado Novo en Portugal», conferência no âmbito do seminário Violencia política y crisis del sistema liberal en Europa, 1917-1936, coordenado pelo Prof. Juan Avilés, organizado pelo Departamento de Historia Contemporánea da Universidad Nacional de Educación a Distancia (Facultad de Geografía e Historia, Madrid, 16-17.12.2011). 

2011, Outubro - «Uma ilha vermelha no Norte de Portugal? Operários e comunistas no Porto (1960-75)», comunicação apresentada à II Sessão dos Encontros de Investigadores Locais: divulgação de estudos monográficos, centrada n'«O mundo do trabalho em Lisboa e Vale do Tejo» (FCSH/UNL e Voz do Operário, Lisboa, 20-22.10.2011). 

2011, Outubro - Participação em painel sobre «Sociabilidades académicas e movimento estudantil», coordenado por Luís Grosso (FLUP), em conjunto com José Mário Branco (cantor de intervenção), Silvestre Lacerda (Diretor-Geral dos Arquivos) e Francisco Mota (presidente da Associação de Estudantes da FLUP), no quadro do colóquio Memóriae História – raízes e percursos organizado pelo Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais no âmbito das comemorações dos 50 anos do curso de História na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (14.10.2011). 

2011, Outubro - Participação em mesa-redonda sobre «Realidade Constitucional na I República Portuguesa: Movimentos e Ideias», moderada por Luísa Neto (Faculdade de Direito da UP), em conjunto com Fernando Pereira Marques (Univ. Lusófona de Lisboa), António Pedro Mesquita (Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa), Luis Bigotte Chorão (Instituto de História da Universidade de Coimbra) e Manuel Filipe Canaveira (FSCH/UNL), no âmbito do VI Colóquio Internacional do Intituto Jurídico Internacional, subordinado ao tema «República(s) e (Neo) Republicanismo(s)» (Faculdade de Direito da UP, 6-7.10.2011). 

2011, Setembro - «História, memória coletiva e revisionismos históricos politicamente motivados», conferência de abertura do II Seminário de História Política do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade Federal da Bahia, Linha de Pesquisa sociedade, relações de poder e região, realizado no Campus Universitário de Ondina/UFBA (Salvador, Bahia, 26-29.9.2011). 

2011, Setembro - «A História Oral e a memória de duas décadas de rutura na história portuguesa (os anos '60 e '70)», comunicação apresentada nas Jornadas de História Oral - O uso da História Oral nos estudos sobre as classes populares, organizadas pela Universidade Popular do Porto (Fac. de Psicologia e Ciências da Educação, 17.9.2011). 

2011, Setembro - «Revisionismo histórico», sessão no âmbito do Fórum Novas Ideias para a Esquerda - Socialismo 2011, organizado pela Cooperativa Cultura, Trabalho e Socialismo (CULTRA) (Esc. Secundária José Falcão, Coimbra, 9-11.9.2011). 

2011, Julho - «Formas de governo: a república», conferência partihada com o Prof. Doutor Paulo Ferreira da Cunha (Faculdade de Direito da UP), no âmbito do curso «Filosofia e teoria política. Autores clássicos e temas contemporâneos» da Universidade de Verão da UP (FLUP, 11-15 de Julho de 2011). 

2011, Julho - «A Resistência - da queda da República ao 25 de Abril», conferência realizada no âmbito do ciclo A Voz das vítimas (Aljube, Lisboa, 7.7.2011), organizada pela exposição Aljube. A Voz das vítimas (Fundação Mário Soares, Instituto de História Contemporânea da FCSH/UNL, Não apaguem a memória!, Câmara Municipal de Lisboa). 

2011, Maio - «A Guerra Colonial (1961-74): representações recentes», comunicação no ãmbito do colóquio internacional Sistemas coloniais e descolonizações transições e guerras coloniais (1900-1974), realizado na Faculdade de Letras da Universidade do Porto (27-28 de Maio de 2011), organizado conjuntamente pelo Instituto de História Contemporânea da FCHS da UNL e pelo Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto. 

2011, Maio - Comentário e debate, em conjunto com Rui Bebiano, do filme Mourir à Madrid, de Frédéric Rossif (França, 1963), no âmbito do ciclo «Violência, Memória e Pós-Memória: ciclo com cinema dentro», organizado pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e pela Cooperativa Cultura, Trabalho e Socialismo (CULTRA) no CES-Coimbra (16.5.2011) 

2011, Abril - «O Salazarismo perante o desafio da descolonização», comunicação no âmbito do Colóquio Internacional «1961, o ano "terrível" de Salazar», organizado pelo Instituto de História Contemporânea da FCSH/UNL e pela Fundação Mário Soares (Fundação Mário Soares, Lisboa, 29-30.4.2011). 

2011, Abril - «Repressão concentracionária no regime salazarista», a convite da União dos Resistentes Antifascistas Portugueses, Biblioteca-Museu República e Resistência (Lisboa, 16.4.2011). 

2011, Abril - Participação em painel sobre «Situação no Magreb, Mashriq e Próximo Oriente: que futuro?», em conjunto com Aude de Amorim (Consulesa-Geral de França no Porto), Ângelo Correia (Cônsul Honorário da Jordânia) e Hamdi Loza (Embaixador do Egito em Portugal), no âmbito da 2ª Edição do UPMUN (Universidade do Porto Model United Nations) organizada pelos estudantes da Licenciatura de Línguas e Relações Internacionais da FLUP e a Associação de Estudantes da FLUP (FLUP, 13-14.4.2011). 

2011, Abril - Apresentação da exposição comemorativa do 90º aniversário do Partido Comunista Português no centro cultural Diana-Bar (Póvoa de Varzim, 9.4.2011). 

2011, Abril - «Salazar e Franco perante o Holocausto: uma Reavaliação», conferência a convite da Associação Portuguesa de Estudos Judaicos (Hotel Parque, Lisboa, 7.4.2011). 

2011, Abril - «Estado Liberal, República e Democracia: uma discussão centrada no caso português (1910-1926)», comunicação no âmbito da XIV Reunião da Rede Mediterrânica de História Cultural sobre «Les investigacions recents del món contemporani a la Mediterrània» (Campus Universitat de les Illes Balears e Societat Arqueológica Lul·liana, Palma de Mallorca, 1-2.4.2011). 

2011, Março - «A República sob ameaça: incursões monárquicas e conspirações armadas (1911-26)», conferência no âmbito das comemorações do 202º aniversário do Regimento de Infantaria nº 19 (Chaves, 19.3.2011). 

2011, Fevereiro - «A Europa no primeiro pós-guerra», conferência no âmbito do seminário A nova República no pós-guerra (1919-1926) (FCSH/UNL, Lisboa, 16.2.2011), organizado pelo Grupo de Trabalho República e Republicanismo do Instituto de História Contemporânea da FCSH/UNL. 

2010, Dezembro - «A República e a sociedade: uma democracia política, cultural e social?» no âmbito do ciclo de conferências Figuras da cultura do Porto: nas comemorações da República, organizado pelo Centro Nacional de Cultura – Núcleo do Porto e pelo Centro de Estudos do Pensamento Português (CEPP) da Universidade Católica Portuguesa do Porto (UCP), (Porto, 9.12.2010). 

2010, Outubro - «O legado da República na modernidade política portuguesa» no âmbito do congresso Imagens da República: quotidiano e cultura, organizado pelo A.P.H., (Porto, 22-23.10.2010). 

2010, Setembro – «God, Fatherland, Authority: Catholic Church and Iberian Fascisticized Regimes, 1933-45» no âmbito da conferência Catholicism and fascism(s) in Europe – 1918-1945, organizada pela Academia Belgica de Roma, o Centrum voor de Studie van Christelijke Tradities da Universidade de Ghent (Bélgica), e o Centre Interdisciplinaire d'Etude des Religions et de la Laïcité da Université Libre de Bruxelles, (Roma,15-17.09.2010) tendo sido incluído numa List of Speakers que incluiu Emilio Gentile, Fearghal McGarry, Beth Ann Griech-Polelle, Hans de Valk, Annie Lacroix-Riz, Roger Griffin, Martino Patti, Renato Moro, Anne Morelli, Borut Klabjan e Montserrat Guibernau. 

2010, Julho - «El marco histórico de las relaciones», sessão partilhada com o Prof. Hipólito de la Torre (UNED, Madrid) no ámbito do Curso de Verão Posiberismo: un nuevo paradigma en las relaciones entre España y Portugal, organizado pela Universidad Internacional Menéndez Pelayo (Santander, 26-28.7.2010) e coordenado por Ignacio Sánchez Amor (Director de “Ágora. El debate peninsular”). 

2010, Julho – Comentário final no âmbito do colóquio internacional «Ilhas, Bairros Sociais e Classes Laboriosas na Cidade do Porto (1956-2006)» organizado pelo Instituto de Sociologia e pela Universidade do Porto (FLUP, 19-20.7.2010). 

2010, Junho – «(Re)Constructions of memories on the Portuguese dictatorship (1974-2010)»no âmbito da conferência«The Transition from Dictatorship to Democracy in Portugal, Spain and Greece» (Atenas,18-19.06.2010), organizada conjuntamente pelo Department of Political Science and History, Panteion University of Athens e pelo Nicos Poulantzas Institute. 

2010, Junho – Participação na conferência «Movimento operário na 1ª República – As lutas sociais nas minas de S. Pedro da Cova» no âmbito das comemorações do Centenário da República, organizada pela Câmara Municipal de S. Pedro da Cova (S. Pedro da Cova, 12.6.2010). 

2010, Abril - «A República na génese da modernidade política em Portugal» no âmbito do Ciclo de Conferências Comemorativas do Centenário da República, organizado pela Universidade do Porto (FLUP, 8.4.2010). 

2009, Dezembro – «Le Siècle Libéral Portugais (1820-1926). Du conflit civil à la République, une modernisation bloquée», conferência pronunciada na Université Michel de Montaigne - Bordeaux III, 31.12.2009), organizada conjuntamente pelo Instituto Camões e pelo Departement d’études lusophones.5.10.59 2009, Outubro – Participação no evento «A política para além da política/7 debates», promovido pelo Instituto Universidade Popular – UNIPOP e o Teatro Maria Matos, onde foi orador no debate n.º1, intitulado «Política, razão e emoção», em conjunto com o Prof. Doutor Manuel Villaverde Cabral (ISCTE), que teve lugar no teatro Maria Matos, a 13.10.2009. 

2009, Julho – Participação no curso de Verão da Universidade Internacional Menéndez Pelayo, dirigido pelo Prof. Doutor Xosé Manuel Núñez Seixas e subordinado ao tema «La II Guerra Mundial y la memória europea: nuevas perspectivas en su 70 aniversário», que decorreu na Coruña, entre 27 e 30/07/2009, onde apresentou uma comunicação sobre «Portugal y la II Guerra Mundial», no painel dedicado a «La neutralidad Ibérica en la II Guerra Mundial» (29/07/2009). 

2009, Julho – Conferência sobre «Portugal, 1960-2009: um camaleão acelerado no Sul da Europa», no âmbito do Curso de Actualização para Professores de Português como Língua Estrangeira (10/06/2009), organizado pelo Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos da FLUP. 

2009, Julho – Participação no painel «Crisi de les memòries Europees», em conjunto com Filippo Focardi (Università degli Studi di Padova) e Xavier Domènech (Universitat Autònoma de Barcelona), da Universitat Progressista del’Estiu de Catalunya 2009 – Más enllà de la crisi (Facultat de Geografi i Història de la Universitat de Barcelona, 07/07/2009). 

2009, Maio – Participação, em conjunto com a Doutora Isabel do Carmo e o Dr. Paulo Fidalgo no debate subordinado ao tema «Como nascem as Revoluções» (Instituto Franco-Português, Lisboa, 14/05/2009), organizado pelo Le Monde diplomatique - edição portuguesa. 

2009, Maio – Participação como orador, em conjunto com Carlos Gonçalves (FLUP) e João Couto (FEP) no debate subordinado ao tema «O capital e os capitais: sistema económico e sistemas sociais», integrado nas Noites de sociologia do Porto 2009 – «A cultura do novo capitalismo» (Labirintho, 13/06/2009), organizadas pelo Instituto de Sociologia e Departamento de Sociologia da Universidade do Porto. 

2009, Abril – «(Re)construções da memória da ditadura em 35 anos de democracia em Portugal», apresentada na Jornada de Reflexão 25 de Abril, 35 anos depois: concretização, desafio ou utopia? (Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 18/04/2009), organizada pela Associação de Professores de História. 

2009, Janeiro - «Salazarismo y Franquismo en la escena internacional», organizado pelo Departamento de História Contemporánea da Universidad Nacional de Educación a Distancia (UNED) e coordenado pelo Prof. Doutor Hipólito de la Torre, (5- 6/11/2009) onde se integrou, com o Prof. Doutor Fernando Rosas (FCSH-UNL), num painel subordinado ao tema «Las huellas del fascismo», em que apresentou uma comunicação intitulada «Dictaduras e dictadores peninsulares». 

2008, dezembro - «Sidónio Pais e as ditaduras europeias», comunicação ao colóquio «O ano da morte de Sidónio Pais» (Lisboa, 12-13.12.2008), organizado pelo Instituto de História Contemporânea da FCSH da UNL, o Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX da Universidade de Coimbra e o Ministério da Cultura português. 

2008, Novembro – «Leituras hegemónica da Revolução Portuguesa no universo simbólico e cultural da viragem de século», comunicação apresentada ao Congresso Internacional Karl Marx (FCSH da Universidade Nova de Lisboa, 14-16.11.2008),  

2008, Novembro – (em conjunto com Bruno Monteiro, Network for the Studies of Cultural Distinctions and Social Diffrentiation) «Operários (e) comunistas: cultura operária e adesão comunista em Portugal (1960-74)», comunicação apresentada ao 1º colóquio Os Comunistas em Portugal (Biblioteca-Museu República e Resistência, Lisboa, 7-8.11.2008). 

2008, Novembro – Participação na sessão «La situación en Europa: la experiencia de Portugal», apresentada pelo Prof. Santiago López García (Universidade de Salamanca) e com a participação de Silvestre Lacerda (director do ANTT), no I Encuentro Internacional de Centros de Memoria (28-30 de Novembro de 2008), organizado pela Dirección General del Libro,Archivos y Bibliotecas - Subdirección General de los Archivos Estatales e do Centro Documental de la Memoria Histórica, do Ministerio de Cultura espanhol, em Salamanca. 

2008, Novembro – Sessão sobre «Espanha, 1936-1939: II República e Guerra Civil: Reforma vs. Reacção; Revolução vs. Fascismo» (17.11.2006) no âmbito do Mestrado de História do Século XX, em seminário dirigido pelo Prof. Doutor Fernando Rosas. 

2008, Novembro – Comentário e organização de painel com conferências «Memória e Hegemonia na historiografia contemporânea», de Fernando Rosas (FCSH da UNL), e «Movimentos sociais em Espanha: da ditadura à democracia», de Carme Molinero e Pere Ysàs (Universitat Autònoma de Barcelona), no âmbito do Congresso Internacional Karl Marx (FCSH da Universidade Nova de Lisboa, 14-16.11.2008) 

2008, Outubro – Conferência «O Tarrafal e a opressão salazarista» (Museu Militar do Porto, 25.10.2008), organizada pelo movimento Não Apaguem a Memória!. 

2008, Maio – «Le (ri)costruzioni della memoria della dittatura nella democrazia portoghese» comunicação no âmbito do.seminário Internacional «Memory 2.0.Museums and memorials from monumental to virtual» (Museo Diffuso della Resistenza, Turim, Itália, 15-16.5.2008),organizado pelo Museo Diffuso della Resistenza, della Deportazione, della Guerra, dei Diritti e della Libertà, pela Associazione Acmos e pelo Istituto piemontese per la storia della Resistenza e della società contemporanea “Giorgio Agosti”. 

2008, Julho – Conferência sobre «Sociedade Portuguesa Contemporânea», no âmbito do Curso de Actualização para Professores de Português como Língua Estrangeira (14-18 de Julho de 2008), organizado pelo Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos da FLUP. 

2008, Abril – Participação nas Jornadas pela Memória das Lutas pela Liberdade (11.12.2008), organizadas pelo Movimento Cívico “Não Apaguem a Memória” (núcleo do Porto) e Câmara Municipal de Matosinhos, com a comunicação «Lembrar e não lembrar a ditadura salazarista no período democrática». 

2008, Fevereiro – Participação na Palestra sobre Política e Sociedade na Europa Contemporânea, «A crise do modelo social europeu e as perspectivas políticas da Europa Contemporânea», organizada pela Associação dos Docentes da UNEB (Aduneb), em Cabula, Salvador (14.02.2008). 

2008, fevereiro -«Ours is a Fascist Century! Salazarism and Francoism elites and Nazi-Fascist New Order (1936-1945)», paper apresentado na International European Social Science History Conference, organizada na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, entre 26 de Fevereiro e 1 de Março. 

2007, Dezembro – «História: memória(s) e identidade(s)» no âmbito do seminário «Memórias do Trabalho- Questões Metodológicas e Epistemológicas» (14.12.2007), organizado pelo Centro de Estudos de Etnologia Portuguesa na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (7.10-16.12.2005). 

2008, Janeiro/Fevereiro – Formador no Curso de Formação Memórias do Trabalho, organizado pela Universidade Popular do Porto, no âmbito do projecto «Memórias do trabalho: processos de construção de uma identidade operária». 

2007, Novembro – Comentário à sessão «Transição pactuada e Memória dos Vencidos em Espanha», com a participação dos Profs. Carme Molinero (Universitat Autònoma de Barcelona), Ismael Saz (Universitat de València) e Julián Casanova (Universidad de Zaragoza), no âmbito do IX Curso Livre de História Contemporânea: História, Memória e Democracia. Portugal/Espanha (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 12-17.11.2007), coordenado pelo Prof. Fernando Rosas, organizado pela Fundação Mário Soares e pelo Instituto de História Contemporânea da FCSH da UNL. 

2007, Novembro – Participação no Curso As Grandes Revoluções da Época Contemporânea, organizado pela Cooperativa Culturas do Trabalho e Socialismo (CULTRA), com conferências sobre «A Guerra Civil de Espanha» e «Portugal e a Guerra Civil de Espanha». 

2007, Outubro – Conferência inaugural «As memorias da represión», no âmbito das jornadas O Miño, unha corrente de memoria (19-20.10.2007, Goián, Espanha), organizadas pela Comisión Cidadá pola Verdade do 36, do Baixo Miño. 

2007, Setembro – Moderação da sessão com a participação dos investigadores Vittorio Caporrella (Universitá degli Studi di Bologna, USB), Daniel Lanero e María Jesús Souto (Universidade de Santiago de Compostela, USC) dos Encontros a Sul – Retóricas do poder. Arte e propaganda nos fascismos da Europa do Sul (20-22.09.2007, FCHS da UNL, Lisboa), organizados pelo IHC da FCSH da UNL, a USC e a USB. 

2007 - «Fascismos e Cultura (anos ’30 e ’40): culturas de Estado entre a modernidade e a rejeição da modernidade», conferência no âmbito do XVII Curso de Verão do Instituto de História Contemporânea da FCSH da UNL, «Arte e Poder», coordenado pela Profª Doutora Raquel Henriques da Silva (FCSH da UNL, 10-22.09.2007). 

2007, Julho – Sessão sobre «Portugal na segunda metade do séc. XX: uma identidade cambiante», no âmbito do Curso de Actualização para Professores de Português como Língua Estrangeira (9-20 de Julho de 2007), organizado pelo Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos da FLUP. 

2007, Julho – Participação no Curso de Verão da Universitat Rovira i Virgili (Tarragona, Espanha) La segona crisis dels sistemes liberals (2-6 de Julho de 2007, Centre Cultural i Ocupacional, Cambrils, Espanha),coordenado pelo Prof. Josep Sánchez Cervelló, com a conferência sobre «Feixisme genèric» e mesa-redonda partilhada com os Profs. Josep Sánchez Cervelló e Leopoldo Amado. 

2007, Junho – Sessão sobre «Portugal: A Special Path in European History?» no âmbito do Programa de Recepção à Delegação de Fellows americanos do German Marshall Fund of the United States (19.06.2007, Reitoria da Universidade do Porto), coordenado pela Pró-Reitora Profª Doutora Ana Teresa Tavares Lehmann. 

2007, Maio – Participação no ciclo de conferências «25 de Abril: que balanço?», organizado pelo Núcleo de Estágio de História da Escola Secundária Inês de Castro (Canidelo, V.N. Gaia), Departamento de História e Estudos Políticos Internacionais (FLUP) e Junta de Freguesia de Santo André de Canidelo (V.N. Gaia), com a participação dos Profs. Doutores Fernando Rosas, Jorge Alves e Inácia Rezola e o cor. Boaventura Ferreira. 

2007, Abril – «As eleições no Salazarismo: formalismo, controlo e fraude», no âmbito do seminário Eleições e Sistemas Eleitorais (27 de Abril de 2007, FLUP), coordenado pela Profª Doutora Antonieta Cruz. 

2007, Abril – Sessão sobre «O processo eleitoral salazarista (1928-1974)» (15.04.2007) no âmbito do Mestrado de História do Século XX, em seminário dirigido pelo Prof. Doutor Fernando Rosas. 

2007, Abril – Conferência sobre «A percepção do Holocausto por parte das ditaduras ibéricas (1936-1945)» (Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 23.04.2007), a convite do Mestrado de História Económica e Social Contemporânea, do Instituto de História Económica e Social da FLUC e do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX. 

2007, Março – Conferência «Portugal since the 1960’s. A rapidly changing identity?», no âmbito do School of Cultures, Languages & Area Studies Research Seminar (28 de Março de 2007) da University of Liverpool. 

2007, Março – «Uma panorâmica das formas de memória portuguesa da Guerra de Espanha», no âmbito do Congreso Internacional A Raia: 1936-1952. Represión, resistencia e memoria. Historia e Memoria (28-30 de Março de 2007, Aula Magna e Ateneo de Ourense, Ourense), organizado em colaboração entre as universidades de Vigo, Santiago de Compostela, Trás-os-Montes e Alto-Douro e Nova de Lisboa, Fundación Vicente Risco, Asociación Amigos da República, Consellería de Cultura da Xunta de Galicia e Ministério da Cultura de Portugal. 

2006, Dezembro – «La construcción de la identidad nacional portuguesa (1880’s-1930’s)», no âmbito da 9ª sesión da Red Mediterránea de Historia Cultural: Los grandes elementos del discurso nacional. La política y la identidad nacional en el espacio mediterráneo (1870-1930) (Universitat de Barcelona, 1-2 de Dezembro de 2006), coordenada pelo Prof. Jordi Casassas (Universitat de Barcelona, Espanha). 

2006, Novembro – Conferência inaugural «A superioridade do estrangeiro na percepção das elites portuguesas contemporâneas: identidades e estereótipos» do IV Colóquio Internacional da Associação Portuguesa para a História do Ensino das Línguas e Literaturas Estrangeiras: Para uma História do Ensino das Línguas Estrangeiras em Portugal: Figuras, Modelos e Instituições (do séc. XVIII a 1974) (Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, 23-24 de Novembro de 2006). 

2006, Novembro – Sessão sobre «A Guerra de Espanha (1936-1939): contextualização histórica» (20.11.2006) no âmbito do Mestrado de História do Século XX, em seminário dirigido pelo Prof. Doutor Fernando Rosas. 

2006, Julho – Sessão sobre «Um camaleão acelerado no Sul da Europa. Portugal, uma identidade cambiante, 1960-2000», no âmbito do Curso de Actualização para Professores de Português como Língua Estrangeira (10-21 de Julho de 2006), organizado pelo Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos da FLUP 

2005, Dezembro – Conferência e debate com alunos do Ensino Secundário sobre Direitos Humanos, no âmbito das actividades organizadas pela Escola Secundária de Filipa de Vilhena (Porto) em torno do Dia Internacional dos Direitos Humanos. 

2005, Novembro – Participação em seminário sobre «Movimentos Sociais» (11.11.2005), expondo o projecto «Militares do MFA, entre a guerra e Abril: memória(s) e identidade(s)», no âmbito do seminário Temas e Problemas em Antropologia – Relatos na 1ª pessoa, organizado pelo Centro de Estudos de Etnologia Portuguesa na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (7.10-16.12.2005). 

2005, Setembro – «A memoria da resistencia/da oposición», em painel partilhado com os Profs. Alberto De Bernardi (Università degli Studi di Bologna) e Carme Molinero (Universitat Autònoma de Barcelona), no âmbito do Encontro O uso político da memoria das dictaduras (Pazo da Cultura, Pontevedra, 28.9.2005), organizado pela Universidade de Vigo e pela Universidad Internacional Menéndez Pelayo sob a direcção dos Profs. Alberto de Bernardi, Lourenzo Fernández Prieto (Universidade de Santiago de Compostela) e Fernando Rosas (Universidade Nova de Lisboa). 

2005, Julho – Introdução histórica ao filme Capitães de Abril (realização de Maria de Medeiros), abordando a crise da ditadura e a transição para a democracia em Portugal, no âmbito da Convention des Jeunes Citoyens Européens(Institut Européen de Cluny, Ecole Nationale Supérieure d’Arts et Métiers de Cluny, França, 7-17.7.2005), coordenada pelos Profs. Jean-Luc Delpeuch (E.N.S.A.M., Cluny) e Andreas Goergen (Chancelaria Federal Alemã, Berlim). 

2005, Julho – Participação em mesa-redonda sobre «Portugal y España hoy: Europa y el Atlántico», coordenada pelo Prof. Juan Carlos Jiménez (Univ. San Pablo-CEU, Madrid), conjuntamente com os Profs. Florentino Portero e Manuel Coma (ambos da U.N.E.D., Madrid) e António Pedro Vicente (Univ. Nova de Lisboa), no âmbito do Curso de Verão Portugal y España en el siglo XX: intereses y presencias internacionales (Centro Asociado de la U.N.E.D. de Mérida, 4-8/7/2005), dirigido pelo Prof. Hipólito de la Torre. 

2005, Abril – Conferência sobre «Ditadura» no âmbito do ciclo de conferências Ganha Asas organizado pelo Grupo de Animação Animares com o apoio da Câmara Municipal de Amares (23/4/2005). 

2005, Abril – Introdução histórica à exposição fotográfica Imagens do Gueto de Varsóvia, organizada por Miriam Assor (Goethe-Institut, Lisboa, 19/4/2005) no âmbito das comemorações do 60º aniversário do fim da II Guerra Mundial organizadas pelo Goethe-Institut. 

2005, Abril – Participação na mesa-redonda sobre «Os mil e um trilhos da loucura nas sociedades contemporâneas» com os Profs. João Teixeira Lopes (F.L.U.P.) e Rui Pedro Borges (Escola Superior Artística do Porto) organizada pelo Grupo de Estudantes de Sociologia da F.L.U.P. no âmbito das Noites de Sociologia (Fórum Fnac Norteshopping, 18/4/2005). 

2005, Abril – Participação em debate público com Iva Delgado e Silas Cerqueira, moderado por José Carlos Vasconcelos, sob o título «Quiseram calar-nos! – Memória viva do assassinato do General Humberto Delgado (1965-2005)», organizado pela Biblioteca Municipal Rocha Peixoto (15/4/2005) com o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim. 

2005, Março – Conferência sobre «El Nou Ordre Europeu» (Facultat de Filosofia i Lletres, Universitat Autònoma de Barcelona, 4/3/2005), no ciclo de conferências Espanya i la II Guerra Mundial organizado pelo Grup de Recerca sobre l’Època Franquista (GREF/CEFID) do Departament d'Història Moderna i Contemporània da U.A.B.. 

2005, Fevereiro – «O Salazarismo na Época dos Fascismos» (Fac. de Ciências Sociais e Humanas da Univ. Nova de Lisboa, 15/2/2005), no âmbito das Conferências do Mestrado de História do Século XX organizadas pelo Instituto de História Contemporânea da F.C.S.H. da U.N.L.. 

2004, Agosto – Conferência sobre «El Salazarismo portugués: reaccionarismo, modernidad e imperialismo identitario», apresentada nas Jornadas Internacionales Las raíces ideológicas de las derechas en Europa e Iberoamérica (Facultad de Filosofía y Letras da Universidad de Buenos Aires, IDAES da Universidad Nacional Gral. San Martín e Universidad Torcuato Di Tella, 23-25.8.2004), organizadas pelo Instituto Ravignani da Facultad de Filosofía y Letras da Universidad de Buenos Aires, e pela Universidad Torcuato Di Tella (Buenos Aires). 

2004, Julho – «El reformismo marcelista y la nueva sociedad portuguesa (1968-1974)» e «Memoria e historia del 25 de abril» (em substituição do Prof. Yves Léonard, do Institut d’Études Politiques, Paris) no âmbito do Curso de Verão El Portugal del 25 de abril: análisis histórico de los antecedentes y sus consecuencias (Centro Asociado de la U.N.E.D. de Mérida, 5-9/7/2004), dirigido pelo Prof. Hipólito de la Torre. 

2004, Abril-Maio – Conferências/sessões de trabalho sobre o significado histórico do 30º aniversário do 25 de Abril de 1974 (memória da repressão, do colonialismo e da Guerra Colonial, do período revolucionário...), a convite das Escolas Secundárias de Filipa de Vilhena (Porto), nº 2 de Vila do Conde, Fontes Pereira de Melo (Porto) e Leça da Palmeira (Matosinhos), da Escola E.B. 2/3 de Valadares (V.N. Gaia), e da Assembleia de Freguesia de Valadares. 

2003, Novembro – Conferência sobre «Colonialismo y construcción de la identidade nacional portuguesa» (Ateneo de Barcelona, 26/11/2003), a convite do Departament d'Història Contemporània da Universitat de Barcelona. 

2003, Novembro - Apresentação e comentário de conferência do Dr. João Nuno Coelho sobre «Nacionalismo, Futebol e Media» (Auditório da Reitoria da Universidade do Porto, 21/10/2003) no âmbito do Ciclo de Conferências História Contemporânea e Desporto organizadas pelo Instituto de História Contemporânea da FLUP. 

2003, Outubro - Conferência sobre «Il Portogallo e la questione repubblicana» apresentada no Seminário Internacional Cultura e politica nell'Europa mediterranea (Facoltà Conservazione dei Beni Culturali, Università degli Studi della Tuscia, Viterbo, 10-11/10/2003), organizado pelo Prof. Elio d'Auria no âmbito do Gruppo di Studio sull'Europa mediterranea. 

2003, Março – Intervenção sobre Salazarismo e Guerra Civil de Espanha (1936-39) na inauguração da exposição A Guerra Civil de Espanha na raia portuguesa na Biblioteca-Museu República e Resistência (Lisboa, 25/3/2003) organizada pela Câmara Municipal de Barrancos.

2003, Março – Participação no debate sobre «Biografia e Ficção - aproximações e diferenças», conjuntamente com Vasco Graça Moura e Frederico Lourenço, moderado por José Manuel Mendes, realizado na Feira do Livro de Braga (8 de Março). 

2003, Fevereiro - Conferência sobre «O Holocausto no contexto da Segunda Guerra Mundial» no âmbito do Fórum Português sobre o Holocausto (Espaço Memória dos Exílios, Estoril, 7/2/2003), organizado por Esther Mucznik com o apoio da Câmara Municipal de Cascais. 

2002, Março - Conferência sobre «The Memory of Salazar's Portugal: Between Liberation and Colonial Mythology», integrada no International Workshop Remembering Dictatorship: Poland and Spain compared (Centro de Estudios Avanzados, Universidade de Santiago de Compostela, 15-16/3/2002), organizado pelo Geistwissenschaftliches Zentrum Geschichte und Kultur Ostmitteleuropas e.V. (Leipzig) e pelo Departamento de Historia Contemporánea e de América da U.S.C.. 

2002, Fevereiro - Conferências «The Changing Face of Portugal (1960-2000)», a convite do Departamento de Português do King's College e do Centro de Língua Portuguesa da Universidade de Oxford (Londres e Oxford, 6 e 7/2/2000). 

2001, Novembro - Conferência inaugural do ciclo O ofício de historiador organizado pelas directoras das Licenciaturas de História (Profª Isabel dos Guimarães Sá) e de Ensino da História (Profª Marta Lobo) do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho (27/11/2001), sobre o tema «Salazarismo e Franquismo (1936-1961): ideologia e autodefinição na colocação internacional das duas ditaduras ibéricas». 

2001, Novembro – Conferência sobre «Portugal no contexto dos regimes autoritários europeus», apresentada no Congresso Portugal no século XX (Auditório da Universidade Portucalense, Porto, 21/11/2001), organizado pela Associação de Professores de História. 

2001, Agosto – Participação em mesa-redonda sobre «Movilización política, agrarismo y campesinado» com os Profs. Raúl Soutelo (Universidade de Vigo), Jordi Canal (École des Hautes Études en Sciences Sociales) e José Miguel Lana (Universidad Pública de Navarra), no âmbito do Curso de Verano Las sociedades rurales ibéricas, 1914-1986. Análisis comparado (Miraflores de la Sierra, 2-4/8/2001), dirigido pelos Profs. Juan Pan-Montojo (Universidad Autónoma de Madrid) e Lourenzo Fernández Prieto (Universidade de Santiago de Compostela), e organizadas pela U.A.M.. 

2000, Novembro – Comentário das comunicações «The OEEC Developing Economies and the Free Trade Area Negotiations, 1956-1958», de Nicolau Andresen Leitão, e «Colaboração portuguesa com a economia de guerra alemã (1940-1944)», de António Louçã, apresentadas no XX Encontro da Associação de História Económica e Social (Fundação Eng. António de Almeida, 23-24/11/2000, Porto). 

2000, Julho - Sessão de trabalho sobre «A Construção Europeia no séc. XX: projetos, realidades e contradições», de abertura do Curso Integração e Estratégia Externa Europeia (10-15/7/2000, Círculo Universitário do Porto), coordenado pela Profª Doutora Ana Paula Africano (F.E.P.) e organizado pela Faculdade de Economia do Porto para docentes da Faculdade de Economia da Fundação Armando Alves Penteado (São Paulo, Brasil).6.1.17 2000 - «O Centro de Estudos Políticos e Sociais da Junta de Investigações do Ultramar na construção do assimilacionismo colonial salazarista», comunicação ao VI Congresso Luso-Afro-Brasileiro de Ciências Sociais (Universidade do Porto). 

2000 - «La fi del colonialisme, ruptura política i canvi social en Portugal en els anys setanta», in FUNDACIÓ CIPRIANO GARCÍA - ARXIU HISTÓRIC DE COMISSIONS OBRERES DE CATALUNYA (org.), Canvi social i canvi polític. Portugal, Itàlia i Espanya: tres països del Sud d'Europa durant els anys setanta, texto disponível in www.conc.es/arxiu/arxiu.html. Paper apresentado na jornada de debate «Canvi social i canvi polític. Portugal, Itàlia i Espanya: tres països del Sud d'Europa durant els anys setanta» (Centre de Cultura Contemporània de Barcelona, 26/9/2000), organizada pela Fundació Cipriano García - Arxiu Históric de Comissions Obreres de Catalunya, com a colaboração do C.C.C.B., Archivio del Lavoro di Milano e do Grup de Recerca sobre l'Època Franquista (Universitat Autònoma de Barcelona), com a participação dos profs. Carme Molinero e Pere Ysàs (U.A.B.) e Maurizio Magri (Università degli Studi di Milano-Bicocca).

2000, Setembro - Conferência sobre «A Exposição Colonial do Porto (1934) e a "Política do Espírito"», apresentada no I Curso de Verão do Instituto de História Contemporânea da F.L.U.P., O Porto Contemporâneo (F.L.U.P., 21-23/9/2000), coordenado pelas profs. Conceição Meireles Pereira e Maria José Moutinho (I.H.C. da F.L.U.P.). 

2000, Maio - Debate com Pedro Crespo (delegado do Ministério Público espanhol) e o Prof. Marcos Roitmann (Universidad Autónoma de Madrid), moderado por Mateo González (Ateneo de Madrid) sobre «Impunidad y derecho a la memoria», no âmbito das Tertulias Republicanas (Ateneo de Madrid, 22/5/2000).

2000, Maio - Conferência sobre «O direito (e o dever) à memória: o combate contra a negação do Holocausto» a convite da Associação Portuguesa de Estudos Judaicos (Auditório Grão-Pará, Lisboa, 16/5/2000).

1999, Novembro - Conferência sobre «Exílios na época contemporânea: Estados e políticas persecutórias numa sociedade de massas» a convite da Associação de Professores de História e da Asociación Española del Profesorado de Historia y Geografía, no IV Encontro com a História de Portugal e Espanha, Emigração económica e exílios políticos (26-27/11/1999, Paço dos Duques de Bragança, Guimarães). 

1999, Setembro - Conferência sobre «Las fuerzas sociopolíticas en la revolución» apresentada no encontro La Revolución de los Claveles veinticinco años después (Universidad Internacional Menéndez y Pelayo, Pontevedra, 20-22/9/1999), dirigido pelos Profs. Hipólito de la Torre (U.N.E.D., Madrid) e Josep Sánchez Cervelló (Universitat Rovira i Virgili, Tarragona). 

1999, Abril-Maio - Conferências/sessões de trabalho sobre «O 25 de Abril de 1974: a experiência da liberdade, o laboratório da democracia», no âmbito do 25º aniversário da revolução portuguesa, a convite dos Leitorados de Língua e Cultura Portuguesas das Universidades de Florença e de Bolonha e do Instituto Universitário Europeu (Florença), da Associação de Professores de História (Colóquio «25 Anos de Abril», Instituto Superior de Engenharia do Porto) e das Escolas Secundárias de Gondomar e Leça da Palmeira e da dos 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico da Corga (Santa Maria da Feira).

1999, Fevereiro, e 2001, Março - Colaboração prestada ao seminário de Metodologia da Investigação do Mestrado de História Contemporânea, da F.L.U.P., preparando e dirigindo sessões, respectivamente, sobre «Salazarismo ou "Estado Novo". Historiografia, memória e debate social no Portugal dos anos '90» e «Salazarismo e Franquismo diante do espelho da história. Ideologia e auto-definição na colocação internacional das duas ditaduras ibéricas (1936-61)». 

1998, Dezembro - Sessão de trabalho em seminário sobre metodologia da investigação, dirigido pela Mestra Vitória Mourão, no âmbito do Mestrado de Sociologia do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (Universidade Técnica de Lisboa), sobre «Salazarismo e Franquismo diante do espelho da história. Ideologia e auto-definição na colocação internacional das duas ditaduras ibéricas (1936-61)». 

1998 (Agosto), 1999 (Maio), 2001 (Setembro) e 2003 (Janeiro) - Sessões de trabalho sobre «A evolução histórica de Portugal nos últimos 20 anos» a convite dos organizadores de Cursos de Reciclagem Linguística (ou de Actualização de Língua Portuguesa) dos Serviços Comuns de Interpretação-Conferências da Comissão Europeia e do Parlamento Europeu, e de um Estágio de Língua Portuguesa destinado a funcionários-intérpretes e funcionários-tradutores do Grupo de Estados de África, Caraíbas e do Pacífico (Grupo ACP) da União Europeia, na Universidade do Minho (Braga). 

1998, Março - «Estado Novo e regime eleitoral», seminário, a convite do Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, do II Seminário de História Contemporânea daquele instituto dedicado ao tema «Liberalismo, Autoritarismo, Democracia: um século de legislação eleitoral, 1896-1997.

1997, Março - Participação em debate sobre os «60 anos da Guerra Civil de Espanha», conjuntamente com os escritores Bento da Cruz e José Viale Moutinho, moderada por José Manuel Mendes (presidente da Associação Portuguesa de Escritores), no Parque de Exposições de Braga, no âmbito da Feira do Livro de Braga. 

1996 - «Franchismo e Salazarismo di fronte al Nuovo Ordine Europeo (1938-42): opportunità storica e percezione di un "fine della Storia" di segno fascista», comunicação apresentada, a convite da Fondazione Biblioteca Archivio Luigi Micheletti (Brescia, Itália), em seminário internacional «Le forme del collaborazionismo: intelettuali e Nuovo Ordine Europeo» (Brescia, 21-22.11.1996,) organizado com o apoio do Goethe Institut (Milão).

1995 - «British Views on Salazarism and Francoism, on Portuguese and Spaniards (1939-45): Historiographical Consequences of Prejudice, Paternalism and Contempt», comunicação apresentada no seminário «European Identity? A Cultural-Historical Approach», dirigido pela Profª Luisa Passerini (I.U.E., Florença).

1995, Maio - Sessão de trabalho sobre «Quatro mitos sobre a identidade contemporânea de Portugal», a convite do Leitorado de Língua e Cultura Portuguesa da Universidade de Florença (Itália). 

1993 - «Les limites de la logique coloniale: la création de l'enseignement supérieur en Angola (1961-62)», comunicação ao 15º Congresso Internacional de História da Educação (Universidade de Lisboa, 21-25.7.1993, sob o tema genérico «A Educação no encontro dos povos e culturas: a experiência colonial - Séculos XVI-XX»). 

1991 - «A Espanha e o 31 de Janeiro. A Europa perante a possibilidade de uma intervenção espanhola em Portugal (1891-93)», comunicação em co-autoria com o Dr. Pascual Serrano (doutorando da Universidade de Alicante, Espanha), ao CongressoO Porto de Fim de Século (1880-1910) (Ateneu Comercial do Porto).

1991, 18/5 - Participação no seminário sobre «Interdisciplinaridade entre Faculdades», em conjunto com, entre outros, os Profs. Nuno Grande (Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar) e Maria Manuel Jorge (Faculdade de Letras da Univ. do Porto), organizado no Auditório da Reitoria da Universidade do Porto pela Associação de Estudantes da Faculdade de Letras daquele Universidade, com o apoio da respectiva Reitoria. 

1990, 26/3 - Participação em conferência «A Universidade e a Cultura», em conjunto com os Profs. Nuno Grande (Pró-Reitor da Universidade do Porto) e Francisco Laranjo (Escola Superior de Belas-Artes do Porto), organizada na Faculdade de Letras da Univ. do Porto pela Federação Académica do Porto. 

1989, 14/12 - Participação em conferência sobre o «Movimento Associativo Estudantil», em conjunto com o Dr. Celso Cruzeiro, Leonel Nunes e Pedro Tavares e moderada pelo Dr. Mário de Figueiredo, organizada na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa pela respectiva Associação de Estudantes e a convite desta. 

1989 - «Imagens do Porto nos anos '50 do nosso século - as "manifestações patrióticas" do "Estado Novo" através da imprensa portuense», comunicação ao Congresso «O Porto na Época Contemporânea» (Ateneu Comercial do Porto). 

1989 - «As colónias portuguesas entre o fim da Segunda Guerra Mundial e o desencadeamento da Guerra Colonial (1945-1961) - procurar fixar uma cronologia de uma ambiência conflitual», trabalho de avaliação para a disciplina de História Económica e Social (sécs. XVIII-XX) da licenciatura de História.