« Julho 2015 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
    1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31    
 
Inauguração da exposição “Close Up – Punks not Dead”
Lisboa
NOVA FCSH | Átrio da Torre B
Inauguração
20 de Novembro de 2017

Uma exposição com curadoria de Soraia Simões e organizada em colaboração com a Associação Mural Sonoro, patente entre 20 de Novembro e 10 de Dezembro.

Mostra do artista plástico Paulo Moreira que assinala os 40 anos do “movimento punk”

A exposição aborda os fenómenos da acumulação, enquanto elemento processual e linha orientadora de conceitos, e suas ligações ao universo das questões sobre consumo, subsequentemente do excesso e da aglomeração, características da sociedade actual eivada pelos prodígios da globalização; elegendo como cenário as paisagens urbanas e os rituais da vida do quotidiano.

 

VÍDEO DE APRESENTAÇÃO

 

Acerca do autor:

Paulo Moreira nasceu em Luanda, Angola (1968), actualmente vive e trabalha em V. Nova de Gaia. Em 2015 conclui o mestrado em “Desenho e Técnicas de Impressão” na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto; antes (2005) obteve a Pós-graduação em “Teorias e Práticas do Desenho” na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Em 1993 licenciou-se em Educação Visual na Escola Superior de Educação de Portalegre (ESEP). Expõe individual e colectivamente desde a década de 1990, em Portugal, Espanha, Inglaterra e Canadá. Tem obra representada na Colecção da fundação do “Banque Privée Rothshild” (1o Prémio Edmond Rothshild de Pintura - Obra adquirida colecção Rothschild, 2003), na Colecção do Museu da Faculdade de Belas Artes Universidade do Porto (FBAUP) - “5 Séculos de Desenho da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto”, núcleo de Desenhos Contemporâneos, séc. XX e XXI – Museu Nacional de Soares dos Reis, Porto. Desenvolve o seu trabalho nas áreas do Desenho, da Pintura, da Vídeo-Instalação e da Performance (fundador do colectivo Sindicato do Credo).