Pecados, virtudes e bruxaria institucional no semipresidencialismo

Mar 21, 2018 | Capítulos, Publicações

Pecados, virtudes e bruxaria institucional no semipresidencialismo: articulações entre o sistema de governo e a construção de um estado democrático em Timor-Leste

  • Rui Graça Feijó
  • Presidentes e (Semi)Presidencialismo nas Democracias Contemporâneas
  • António Costa Pinto & Paulo José Canelas Rapaz
  • 2018
  • Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais
  • Idioma: Português
  • ISBN: 978-972-671-449-1
  • Páginas: —

Sobre o livro:
O regime republicano português foi um fenómeno precoce no quadro europeu, mas a sobrevivência deste ao longo do século XX, sobretudo considerando a longa experiência autoritária, demonstrou a rápida consolidação das instituições republicanas na sociedade portuguesa e, especialmente, em alguns segmentos das suas elites. Os presidentes, ainda que os seus poderes variassem muito ao longo dos últimos 100 anos, estiveram muitas vezes no centro da vida política portuguesa. Este livro tem como objetivo repensar o presidencialismo e o semipresidencialismo, colocando o caso português em contexto. Assim, a primeira parte repensa as definições e a prática política do semipresidencialismo. A segunda faz um balanço do presidencialismo na América Latina, em África e em Timor-Leste, e a terceira concentra-se no caso português, sobretudo nos dilemas mais recentes do impacto da crise de 2008 no segundo mandato do Presidente Cavaco Silva e nas eleições presidenciais de 2016, que deram a vitória a Marcelo Rebelo de Sousa.

Mais informações sobre o livro

Outras Publicações

Todas
Livros
Capítulos
Artigos
Outras publicações

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade NOVA de Lisboa   //   Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA   //   Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545   //   Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

2.ª a 6.ª feira 10.00h - 13.00h // 14.00h - 18.00h

Pesquisa

Share This
X