A Modernidade Tecnológica em António José Saraiva

Mai 11, 2018 | Artigos, Publicações

A Modernidade Tecnológica em António José Saraiva

  • Tiago Rego Ramalho
  • 2018
  • Fronteiras: Journal of Social, Technological and Environmental Science
  • Volume 7, Número 1
  • 142-158
  • Idioma: Português
  • DOI: 10.21664/2238-8869.2018v7i1.p142-158
  • ISSN: 2238-8869

Artigo integrado na secção especial “História, Ciência e Natureza”, coordenada por Ângela Salgueiro, Maria de Fátima Nunes, Sara Albuquerque e José Pedro Sousa Dias.

Resumo:
O artigo pretende apresentar os contornos do pensamento do historiador da cultura e ensaísta António José Saraiva a respeito da relação existente entre a cultura ocidental e o primado da civilização tecnológica, refletindo sobre a ideia de progresso, filosofia da história, a relação entre técnica moderna e natureza ou, ainda, os conceitos de cultura e tecnologia. Importa destacar a influência exercida pelo marxismo cultural e, em particular, das teses marcuseanas. A singularidade do pensamento de Saraiva está em combinar certas ideias de Marcuse e estudar uma certa concepção de cultura nacional. Num primeiro momento, procuramos demonstrar como o autor entende a ideologia do progresso, desde logo na forma como a mesma ganha relevo na modernidade; num segundo momento, pretende-se entender as possíveis relações entre cultura e tecnologia. Sucintamente, a crítica da modernidade tecnológica assume determinadas feições no decorrer do pensamento e obra do autor em estudo.

Palavras-chave:
Progresso; Cultura; Natureza

Outras Publicações

Todas
Livros
Capítulos
Artigos
Outras publicações

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea
NOVA FCSH
Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA
Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545
Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

Segunda a Sexta-Feira
10.00h - 13.00h / 14.00h - 18.00h

Pesquisa

Share This
X