Graça Filipe

Mestre

Economia, Sociedade, Património e Inovação

Contacto:
gracafilipe@mail.telepac.pt

Biografia

Fez mestrado em Museologia e Património (NOVA FCSH, 2001), licenciatura em História (FLUL, 1980) e pós-graduação em Museologia Social (UAL, 1991). Prepara doutoramento em História Contemporânea (NOVA FCSH, 2013). É é investigadora integrada do IHC – NOVA FCSH). É técnica superior da Câmara Municipal do Seixal, na área de património e de museologia – Ecomuseu Municipal do Seixal: investigação histórica, estudo e gestão de património (com incidência no industrial e tecnológico) e programação museológica. Foi coordenadora (1989-1995) e directora do Ecomuseu Municipal do Seixal, chefe de Divisão de Património Histórico e Natural (1995-2009).

Foi técnica superior da Câmara Municipal de Tomar (2014-2015) e Subdirectora do Instituto de Museus e da Conservação I.P./Ministério da Cultura (2009-2011). Assistente convidada da NOVA FCSH, foi docente dos seminários de Planificação e Programação Museológica, no mestrado em Museologia (2007-2017), de Inventariação e Conservação de Colecções (2013-2015), no mesmo mestrado e de Património e Museus (2002-2016), no mestrado em Práticas Culturais para Municípios e do seminário de História Metodologia e Teoria do Património em Portugal, no mestrado em Património (2016-2017). Foi docente da Universidade de Évora (2006-2007), Curso de Especialização em Museus e Educação. Entre 2005 e 2017 orientou e co-orientou 18 teses de mestrado em Museologia, uma em Conservação e Restauro e uma em Antropologia. É membro do ICOM Portugal, da Associação Portuguesa para o Património Industrial e da Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial.

Áreas de Investigação

Na História contemporânea:

  • Indústria e as tecnologias aplicadas;
  • Processos de industrialização e de desindustrialização.

Na Museologia:

  • Planificação e a programação museológicas;
  • Inovação em práticas museais.

Publicações destacadas

  • Filipe, Graça, “Desindustrialização, patrimonialização e uso sustentável de património industrial. Perspectivas sobre estratégia e método, selecção de valores e modalidade de salvaguarda,” in Actas do III Congresso Internacional sobre Património Industrial. Lisboa: APPI/TICCIH / Universidade Lusíada de Lisboa, no prelo.
  • Filipe, Graça. “O Projecto do Museu da Levada de Tomar. A musealização como processo de salvaguarda de património técnico e industrial,” Al-Madan 19 IIª Série (2015): 137-146. [resumo]
  • Filipe, Graça, & Hugues de Varine. “Que Futuro para os Ecomuseus,” Al-Madan 19 IIª Série (2015): 21-36. [resumo]
  • Filipe, Graça. “Museus com temática marítima: a relação com as comunidades e a inovação em práticas museais,” ARGOS – Revista do Museu Marítimo de Ílhavo 2 (2014): 56-61.

Projectos principais

 

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade NOVA de Lisboa   //   Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA   //   Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545   //   Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

2.ª a 6.ª feira 10.00h - 13.00h // 14.00h - 18.00h

Pesquisa

Share This
X