fevereiro, 2019

07fev(fev 7)9:00 am09(fev 9)6:30 pmHistória da Cultura em Portugal no Século XXIndustrialização, massificação, mediações9:00 am - 6:30 pm (9) Campo Grande, 83 - 1749-081 LisboaTipologia do Evento:Congresso

Fotografia histórica de uma sessão de cinema no Avenida Parque, em Lisboa, em 1927

Ver mais

Detalhes do Evento

Congresso sobre a história da cultura em Portugal no século XX, organizado pelo IHC, que visa recensear recentes pesquisas sobre a compreensão da cultura e da sociedade de massas. Chamada aberta até 31 de Julho 14 de Setembro.

 

História da Cultura em Portugal no Século XX

Industrialização, massificação, mediações

 

O congresso “História da Cultura em Portugal no Século XX” procura recensear pesquisas recentes e abrir novos campos de investigação na história cultural contemporânea em Portugal. A amplitude temática dos painéis, que inclui questões políticas e de periodização cultural, circulações do objecto escrito e o desenvolvimento das indústrias audiovisuais, entre outras, será uma oportunidade para estabelecer novas relações entre a história da cultura e outras dimensões, porventura melhor conhecidas, da história de Portugal no século XX.

Por outro lado, o conjunto de abordagens que teremos oportunidade de discutir, reflectirão criticamente sobre algumas das categorias menos questionadas do campo cultural – a cultura nacional, o cânone erudito, o estatuto da autoria – abrindo assim a análise para a circulação de objectos culturais, para a cultura popular e para as formas de apropriação e convívio culturais, na linha dos cortes transversais operados pela viragem cultural das últimas décadas. O objectivo do congresso é o de procurar, na diversidade das apresentações, encontrar uma perspectiva de conjunto das muitas formas que a cultura e a vida cultural assumiu no sociedade portuguesa ao longo do século XX.

 

Conferencista de abertura: Dominique Kalifa (Université Paris 1 Panthéon-Sorbonne)

 

📎  Programa completo (PDF)
📎  Livro de resumos com notas biográficas (PDF)

 

Imagem: Avenida-Parque. Sessão de cinema. Lisboa,1927 (Col. Estúdio Mário Novais I FCG – Biblioteca de Arte e Arquivos)
Design: Diana Barbosa

Cartaz do congresso "História da Cultura em Portugal no Século XX" com uma Fotografia histórica de uma sessão de cinema no Avenida Parque, em Lisboa, em 1927

 


 

Chamada para trabalhos

 

O Instituto de História Contemporânea (NOVA FCSH), organiza, em Fevereiro de 2019, um Congresso sobre História da Cultura em Portugal no Século XX, aberto à apresentação de comunicações nos temas representados pelos painéis e tópicos sugeridos na proposta de programa, visando recensear recentes pesquisas e estimular a abertura do campo a novas áreas de investigação.

Os painéis temáticos e os tópicos orientadores sugeridos, sem esgotar a amplitude de áreas de abordagem deste Congresso, dão todavia conta do enquadramento interdisciplinar que deve nortear a compreensão da cultura e da sociedade de massas, no pressuposto, antes de mais, de que a história cultural se inscreve no quadro social; e de que, por isso, se aclara no contexto geral de transformações económicas, tecnológicas, políticas e ideológicas precisas.

Desta forma, o Congresso constitui igualmente uma oportunidade para repensar o papel da cultura ao longo do século XX, e em particular a viragem cultural nas ciências sociais e humanas no último meio século, através de três cortes transversais que procuram romper com as hierarquias tradicionais do campo cultural: entre cultura portuguesa e cultura em Portugal, levando em consideração todos os objectos culturais em circulação na sociedade portuguesa, tanto nacionais como estrangeiros; entre cultura popular e cultura erudita, convidando abordagens aos pontos de contacto e cruzamento, bem como à formação de culturas híbridas; entre produção e consumo, abrindo decididamente a história cultural à criatividade dos públicos e ao momentos de recepção.

A contribuição do congresso desdobra-se em dois aspetos gerais que lhe conferem um caráter duplamente unificador: 1 − reunir trabalhos recentes, autónomos e inovadores em áreas disciplinares de pesquisa no domínio dos objetos culturais, dos seus agentes e dos públicos, discursos e seus imaginários, meios e lugares de sociabilidade; 2 − criar na sua transversalidade uma perspetiva de conjunto como horizonte epistemológico que lhes confere nexo, em torno de uma problemática contemporânea de central importância para a compreensão de fenómenos como a Cultura de Massas, a Cultura Popular e as Indústrias Culturais.

 

📄  Chamada para trabalhos (PDF)

 

Comissão científica:

Ana Teresa Peixinho (CEIS20 – Universidade de Coimbra)
Carla Baptista (CIC.Digital – NOVA FCSH)
Daniel Melo (CHAM – Centro de Humanidades; NOVA FCSH)
Joana Cunha Leal (IHA – NOVA FCSH)
Luís Augusto Costa Dias (IHC – NOVA FCSH)
Luís Trindade (IHC – NOVA FCSH)
Manuel Deniz-Silva (INET-md – NOVA FCSH)
Irene Vaquinhas (CHSC – Universidade de Coimbra)

 

Comissão organizadora:

Luís Augusto Costa Dias (IHC – NOVA FCSH)
Luís Trindade (IHC – NOVA FCSH)

 

Linhas temáticas para a chamada de comunicações:

PAINEL 1
CULTURA NA CIDADE
− Mobilidades demográficas e progressos urbanos
− Meios sociais e socioprofissionais
− Cenário urbano e cenário de espetáculo
− Vivências culturais e espaços mundanos

PAINEL 2
APRENDIZAGENS, CRIAÇÃO E SABERES
− Escolarização, autodidatismo, Literaturacia
− Intelectuais e funções intelectuais
− Artes, letras, saberes e massificação
− Da mulher leitora à «mulher de letras»

PAINEL 3
OS PAPÉIS E OS SEUS AGENTES
− Os impressos e os seus agentes
− O jornal e o jornalismo modernos
− Livros, editores, coleções
− Papéis e publicidade: dos cartazes aos mupis

PAINEL 4
A CIRCULAÇÃO DE IMAGENS E SONS
– As imagens em movimento e a música gravada
– Histórias da rádio e da televisão
– Apropriações das imagens e dos sons
– A industrialização da cultura

PAINEL 5
PERFORMANCE E O CORPO
– As artes do espectáculo
– Histórias da dança e da performance
– Cultura e sexualidade: emancipação e submissão do corpo
– Culturas juvenis

PAINEL 5
REPENSAR A QUESTÃO NACIONAL
– O povo e a cultura de massa
– Crítica(s) do(s) Cânone(s)
– Americanização, europeização e globalização
– Imperialismo, colonialismo e o pós-colonial

 

Normas de submissão de comunicações e entrega de textos:

Até dia 31 de Julho 14 de Setembro [nova data], envio para o seguinte email culturaportugal@fcsh.unl.pt de:

a. Resumo com um máximo de 500 palavras & Abstract;
b. Cinco palavras-chave;
c. Título em Português e Inglês;
d. Línguas de trabalho: português, inglês, francês e espanhol
e. Resumo do CV do(s) autor(es);
f. Filiação institucional e email de contacto do(s) autor(es).

Dia 31 de Outubro: comunicação da aceitação da comunicação.

Tempo

7 (Quinta-feira) 9:00 am - 9 (Sábado) 6:30 pm

Localização

Biblioteca Nacional de Portugal

Campo Grande, 83 - 1749-081 Lisboa

X