Ongoing Projects // Participação no projecto PTDC/HAH/70991/2006, A Indústria fonográfica em Portugal no século XX

  • Coordination:
    Salwa Castelo-Branco - Instituto de Etnomusicologia - Centro de Estudos em Música e Dança da FCSH/UNL
  • Team:

    Participação de investigadores IHC:
    .Maria Fernanda Rollo

  • Partnerships:

    International Centre of Popular Music Studies, Newcastle University
    Instituto de História Contemporânea (UNL) Ministério da Cultura

  • Founded by:
    Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • Brief:

    O projecto compreenderá um estudo sistemático da história da indústria fonográfica no século XX em Portugal e o seu impacte na produção e disseminação da música, e no próprio produto musical. A investigação será levada a cabo numa perspectiva multidisciplinar, conjugando abordagens teórico-metodológicas da Etnomusicologia, Estudos da Música Popular, História, Estudos Culturais, Antropologia e Musicologia Histórica.

    Considerando os desenvolvimentos culturais, económicos e políticos no Portugal contemporâneo, bem como a história internacional da Indústria Fonográfica, este projecto terá como focos de análise: a trajectória das editoras mais importantes; o fonograma como um produto, e o equipamento associado à sua (re)produção enquadrado no processo de electrificação do país e no mercado de equipamento eléctrico; a procura de fonogramas integrada no consumo de bens culturais e no aumento de poder de compra da população; as tecnologias utilizadas e o seu impacte nos processos composicionais, nas práticas performativas, na sonoridade musical e nos comportamentos das audiências; a articulação entre indústria fonográfica, teatro de revista, música escrita e outros meios de comunicação de massas como a rádio, cinema e televisão; o enquadramento legal da produção e comercialização de fonogramas; o impacte da indústria fonográfica em domínios musicais como música popular, fado, pop-rock, folclore e música erudita; o papel da gravação na disseminação de novos domínios musicais em Portugal como o jazz e o pop-rock; a articulação da produção discográfica entre Portugal e as ex-colónias; o impacte dos fonogramas produzidos em Portugal em algumas comunidades emigrantes, e de que forma estas comunidades definiram segmentos de produção no País; o papel da publicidade e do design gráfico na promoção de fonogramas.

    Será desenvolvida uma base de dados multimédia, como repositório de informação e instrumento de pesquisa, que incluirá uma discografia exaustiva das gravações comerciais de música e músicos Portugueses, bem como de músicos imigrantes; um inventário das companhias discográficas que operaram em Portugal; entradas relativas a intérpretes, técnicos de gravação, produtores discográficos, associações fonográficas, bem como outros agentes centrais na gravação e comercialização de fonogramas.

    O projecto dará um importante contributo no conhecimento do património sonoro português e de uma das indústrias culturais centrais, o que se revelará útil para a comunidade académica portuguesa e estrangeira, para agentes culturais, para as editoras discográficas, para coleccionadores de discos, bem como para o público em geral. Prevemos ainda organizar um colóquio internacional onde os resultados da investigação serão discutidos e confrontados com outras investigações realizadas no domínio.

  • Links: