Breves Reflexões sobre o Ensino e a Formação 
em Museologia

Jul 3, 2018 | Other publications, Publications

Breves Reflexões sobre o Ensino e a Formação 
em Museologia, o Papel da 
Museologia no Trabalho de Museu e os Novos Profissionais de Museu [Brief Reflections on Teaching and Training in Museology, the Role of Museology in Museum Work and the New Museum Professionals]

  • Graça Filipe
  • 2018
  • Boletim ICOM Portugal
  • Issue 12
  • 12-21
  • Language: Portuguese
  • ISSN: 183-3613

Excerpt:
Embora não a considere demonstrável, esta ideia expressa por Anne W. Ackerson parece-me interpelante sob vários pontos de vista, relacionando a possível escolha ou razão para trabalhar numa instituição museológica com o que hoje se entende por trabalho e profissão de museu, logo, com os conhecimentos e competências necessários ao longo de um tal percurso profissional.
Definir profissionais de museu implica necessariamente um conceito de museu. Tomarei como aplicáveis as definições do ICOM, segundo o qual, nos Estatutos aprovados em 2017, o termo profissionais de museu compreende «o conjunto dos membros do pessoal dos museus e das instituições como tal reconhecidas» − correspondendo pois à definição de museu que o próprio ICOM usa há mais de uma década e se inclui nos seus actuais Estatutos − «e as pessoas que num contexto profissional tenham como actividade principal fornecer serviços, conhecimentos e experiência aos museus e à comunidade museal» (ICOM 2017, artigo 3, secção 3, 3).

Other publications

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea Faculdade de Ciências Sociais e Humanas Universidade NOVA de Lisboa   //   Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA   //   Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545   //   Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

2.ª a 6.ª feira 10.00h – 13.00h // 14.00h – 18.00h

Search

Share This
X