André Camponês

Mestre

Cultura, Identidades e Poder

Contacto:
fernandocampones@fcsh.unl.pt

Biografia

Nasci em Leiria no dia 1 de Agosto de 1989, filho de Maria e Fernando, e irmão de Filipe, Gonçalo, Rita e João. Estudei em Fátima até ao ensino secundário. Iniciei a Licenciatura em Antropologia na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (Universidade NOVA de Lisboa) e Mestrado na mesma área, especialidade em Culturas em Cena e Turismo.

Durante o meu percurso pedagógico, efetuei vários trabalhos de campo no Nordeste Trasmontano maioritariamente sobre as Festas de Inverno. Primeiramente em Rebordelo, onde abordei a forma como estas festividades contribuem para a criação de reportórios identitários, alicerçados nos discursos da comunidade em torno da noção de autenticidade. Como resultado desta investigação, decidi voltar a abordar a temática na dissertação de mestrado, desta feita em Ousilhão, onde realizei trabalho etnográfico durante os natais de 2012 e 2013. Sendo esta uma festa largamente emblematizada, centrei a minha pesquisa no papel dos agentes sociais nos processos de patrimonialização, mercantilização e turistificação cultural da mesma. Deste trabalho resultaram algumas observações que me parecem transversais ao panorama das festas “tradicionais”: é que estas constituem uma imagem de marca, para a projeção supralocal das localidades, sendo as cidades a que estas pertencem, as que mais investem na capitalização desse “produto” cultural. Actualmente, estou integrado num projeto de Investigação sobre a Festa dos Tabuleiros em Tomar.

Áreas de Investigação

  • Património cultural imaterial
  • História da etnografia portuguesa
  • Turismo cultural

Publicações destacadas

  • Camponês, André. “A Festa de Santo Estêvão em Ousilhão: Agentes e dinâmicas culturais nas Festas de Inverno do Nordeste Transmontano.” Dissertação de Mestrado em Antropologia — Culturas em Cena e Turismo, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 2014. [PDF]

Projectos principais

  • Investigador no projecto “Inventariação da Festa dos Tabuleiros no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial”  — Coordenado por Paula Godinho (IHC — NOVA FCSH) e financiado pelo Município de Tomar. 2018-2019

 

CONTACTOS

Instituto de História Contemporânea
NOVA FCSH
Av. Berna, 26 C 1069-061 LISBOA
Tel.: +351 21 7908300 ext. 1545
Email: ihc@fcsh.unl.pt

HORÁRIO

Segunda a Sexta-Feira
10.00h - 13.00h / 14.00h - 18.00h

Pesquisa

Share This
X